Publicidade
Publicidade

Desde a primeira menstruação ou no início da vida sexual, a visita ao ginecologista torna-se quase uma obrigação para todas as mulheres. Além de evitar doenças e problemas de Saúde, o profissional pode esclarecer algumas dúvidas que eventualmente podem surgir ao longo da vida. Confira abaixo certas coisas que vão obrigar seu médico a puxar sua orelha se você tornar a fazê-las.

Manter visitas regulares ao seu ginecologista de confiança pelo menos uma vez ao ano é de extrema importância para uma vida sexual saudável.

Publicidade

Não vale desculpa como falta de tempo ou agenda cheia de compromissos. Mais vale prevenir do que remediar, concorda? Não precisa esperar começar a transar para ir ao ginecologista. Toda adolescente deve fazer consultas regulares para tirar dúvidas e conhecer melhor seu corpo.

Está certo que falar sobre intimidades sexuais, atitudes ou algum incômodo na vagina é desconfortável mesmo. Mas você deve ter em mente que seu médico está acostumado a lidar com isso diariamente e esconder o problema só o torna maior.

Não tenha vergonha em expor o que está sentindo. Não compre, sem orientação médica, quaisquer produtos para limpeza da área íntima. Além de caros, não são desenvolvidos para esse fim. Usar somente água e sabão neutro é o mais indicado por especialistas.

A depilação também faz parte da higiene íntima da mulher e deve ser feita sempre que necessário. O excesso de pelos facilita a proliferação de bactérias e fungos, o que causa um odor desagradável no final do dia, por exemplo. A mulher nunca deve se auto medicar quando está com algum problema na região íntima.

Publicidade
Os melhores vídeos do dia

Evite pesquisar na internet a causa de seu problema e marque imediatamente uma consulta médica, pois nem tudo que lemos no computador é verídico.

As dores que antecedem a menstruação, se não forem muito fortes, são comuns, mas se estiverem incomodando muito e com muita persistência, um médico deve ser procurado. Existem alguns procedimentos simples que farão que você fique livre delas e se sinta mais mulher.