À medida que a idade vai passando, é preciso intensificar os cuidados com a saúde. O indicado é que a mulher consulte um ginecologista pelo menos uma vez ao ano para fazer os exames de rotina. O que acontece é que muitas mulheres, por vergonha, nervosismo ou mesmo esquecimento, não fazem as perguntas certas ao seu médico e acabam saindo do consultório com muitas dúvidas sem respostas.

Se você está chegando à casa dos 30 anos ou já está lá, veja essas perguntas que você deve fazer na sua próxima consulta de rotina. Como nem sempre dá para confiar na mente, não hesite em fazer uma 'colinha' e anotar no papel todas as suas dúvidas, sejam essas ou outras individuais.

Essas são as perguntas elaboradas pela ginecologista e obstetra Mary Jane Minkin que você deve fazer na consulta:

1- Devo mudar o método contraceptivo que uso?

A médica alerta que para as mulheres, que fumam, a pílula anticoncepcional não é indicada quando se passa dos 35 anos de idade, visto o aumento no risco de sofrer problemas de saúde, como coágulos no sangue e AVC. É muito provável que o ginecologista a oriente a usar outro método contraceptivo. Discuta com o mesmo as opções. 

2- Qual a cronologia da minha fertilidade?

A fertilidade feminina começa a diminuir a partir dos 35 anos de idade e provavelmente a partir dessa idade, a Mulher pode querer tomar alguma decisão sobre o planejamento familiar.

3- Quando devo fazer a minha primeira mamografia?

Quando há casos de câncer de mama na família, o indicado é que a primeira mamografia seja feita por volta dos 35 anos, converse com o seu médico.

Os melhores vídeos do dia

4- Como está o meu peso?

Depois de certa idade já não é tão fácil emagrecer. Peça a opinião de seu médico sobre o seu peço e IMC- índice de massa corporal. Veja se você está acima ou abaixo do peso e quais as medidas que devem ser tomadas.

5- Devo realizar um teste genético para predisposição ao câncer?

Converse com seu médico sobre esse assunto se existe histórico na família de câncer de mama, útero, ovários ou gastrointestinal.

6- Quais as medidas de saúde a serem adotadas diariamente?

Aproveite para conversar com o médico sobre exercícios físicos e formas saudáveis de alimentação, de acordo com seu histórico pessoal. É muito importante também que haja uma conversa sobre seus níveis de estresse e problemas mentais, se houver.