A dor no peito pode nos trazer um grande susto, porém isso não significa necessariamente que estamos tendo um ataque cardíaco. Muitas pessoas que procuram por atendimento médico e que relatam estar sentindo dor no peito não estão apresentando um ataque cardíaco, mas sim algum problema menos grave, como dor muscular, crises de ansiedade ou refluxo. Entretanto, como a dor no peito também pode significar algum problema de Saúde com risco de morte, o melhor é não desconsiderar esse aviso e procurar algum tipo de ajuda médica.

Esse órgão, tão importante e indispensável, se esforça para bombear aproximadamente 5 litros de sangue para todo o corpo.

Um aparelho que trabalha e se esforça tanto assim às vezes pode estar precisando de ajuda. De acordo com um estudo divulgado no Canadian Journal of Cardiology, as mulheres costumam esperar a dor apresentar uma piora ou até surgirem outros sintomas para só depois procurar algum tipo de ajuda. E esse descuido pode ser fatal, pois quaisquer sintomas de angina precisam ser investigados.

Para que o estudo fosse realizado os estudiosos contaram com a colaboração de 31 pacientes cardíacos, e foram examinadas seis etapas nos participantes após a dor no peito: preocupação familiar, incerteza, reconhecimento da gravidade, aceitação e incerteza. E a diferença apresentada entre homens e mulheres foi a de que as mulheres levam mais tempo na etapa de negação, além de esperar que alguém diga que algo de errado está acontecendo.

Os melhores vídeos do dia

As mulheres são mais propensas a apresentar doenças cardíacas e muitas vezes não buscam ajuda por acreditarem que isso irá prejudicar a sua rotina diária, causando grande prejuízo à prevenção. As mulheres que participaram do estudo tinham entre 44 e 84 anos, o que prova que a idade não é desculpa para considerar a dor no peito como algo insignificante.

Os médicos envolvidos no estudo aconselham a não deixar qualquer dorzinha no peito de lado. Quando a mulher sentir ardor, sensação de aperto no peito ou pressão peitoral, está na hora de fazer uma visitinha ao médico e realizar um check up para ter a certeza de que sua saúde está em dia. Se ela decidir esperar um pouquinho para fazer isso, infelizmente pode ser tarde demais.