Desde à época da colonização brasileira, o café sempre foi uma mercadoria que se destacava no comércio internacional, por ser uma bebida que foi bem recebida em praticamente todo o mundo. O mesmo, por ser uma planta originária da Etiópia, se adaptou muito bem ao solo brasileiro, isso proporcionou que o Brasil fosse uma grande potência no quesito da produção e exportação dessa bebida.

A exportação de café se tornou a segunda maior mercadoria exportada pelo Brasil até a década de 1980, que só perdia para o petróleo, por ser um recente achado de grandes jazidas em solo brasileiro.

Publicidade
Publicidade

Um recente estudo feito pelos Estados Unidos mostrou que o café vem ajudando muitas pessoas que tem sintomas de estresse e pré- depressão, pois ele atua em seu sistema nervoso central como um "relaxante". As mulheres foram as que mais tiveram sucesso nessa pesquisa.

O estudo, que foi realizado ao longo de 10 anos por mulheres norte-americanas com idade média de 63 anos de idade, apresentou um resultado significativo de melhora no quesito stress.

Publicidade

Essas mulheres foram submetidas a tomar uma xícara de café por semana ao longo de uma década.

As que tomavam uma xícara por semana, o risco de entrarem em depressão era de 0,85%, agora, as que tomavam de duas a três xícaras semanais, esse risco teve uma queda para 0,80%.

A conclusão foi que quanto maior o consumo de café, menor será o risco de depressão. As pesquisas mostraram que o café foi um grande auxiliador no combate a depressão.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Saúde

Esta pesquisa foi realizada com mulheres pelo fato de, por ser uma doença crônica e recorrente, a depressão afeta duas vezes mais mulheres do que homens em todo mundo.

O mesmo estudo considerou o estilo de vida dos participantes, tomando em consideração o peso, nível de diabetes, exames sanguíneos, entre outros. Ele mostrou que o consumo constante da cafeína em um período de longo prazo pode trazer vários benefícios biológicos, sendo um deles a diminuição do risco de depressão.

Melhora também o desempenho psicomotor e o aumento da concentração diária.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo