Depois das relações sexuais, alguns hábitos podem fazer muito mal para a saúde das partes íntimas. A ginecologista Leslie Page, por meio da revista americana Women’s Health, ensina que algumas coisas comuns podem ser bem prejudiciais para as partes íntimas devido à sensibilidade da região.

Muitas pessoas pensam logo em querer ficar limpas. Por causa disso, acabam se submetendo a coisas que não deviam. Por isso, nunca mais faço isso após as relações íntimas:

1 - Deixar de fazer xixi

Esse erro é cometido por grande parte das mulheres.

Publicidade

As mulheres possuem a uretra menor do que a dos homens, facilitando assim a entrada de germes e bactérias. Ao urinar a Mulher promove uma autolimpeza na região. Por isso, sempre é importante fazer xixi e assim ajudar na eliminação de possíveis agentes nocivos.

2 - Lavar as partes íntimas com sabonete

Usar sabonete nas partes íntimas após as relações pode causar irritação vaginal e ressecamento. Isso acontece devido a pele e mucosa reagirem de forma diferente diante dos produtos químicos presentes no sabonete.

As mulheres que usam sabonete podem desenvolver uma reação alérgica. Mesmo no dia a dia é importante usar sabonetes apropriados com o pH ideal para a região.

3 - Fazer ducha

Isso pode fazer com que a região íntima tenha a flora desregulada. Então, a sensação de limpeza que muitos buscam deve ser evitada.

4 - Usar lenços umedecidos

Da mesma forma que os sabonetes, os lenços umedecidos podem causar irritação na região íntima. Os lenços umedecidos incluem em sua composição produtos como álcool, glicerina, perfumes e alguns óleos.

Publicidade
Os melhores vídeos do dia

Por isso, nunca use esses lenços como forma de limpar a região.

5 - Dormir com lingerie sintética

As melhores peças para passar a noite são as peças de algodão. Elas permitem que a região íntima possa respirar e assim evitam alergias. As calcinhas sintéticas não permitem que a pele respire corretamente, fazendo com que possa ocorrer uma infecção por fungos.

Essas instruções, se seguidas, podem evitar entrada de fungos e bactérias na região intima. Por isso, é importante tomar essas precauções que foram dadas pela profissional da área.

Compartilhe essa informação com seus amigos e familiares. Deixe seu comentário para que possamos manter um diálogo sobre os temas importantes para a sociedade. Por mais que seja um assunto delicado, precisa ser debatido, pois essas atitudes são vistas como higiênicas por muitos, mas podem ter efeito devastador.