A Ansiedade é um problema que atinge milhões de brasileiros. Apesar de ser frequente na vida das pessoas, os distúrbios de ansiedade são prejudiciais, pois atrapalham relacionamentos, vida profissional e o bem-estar, além de atingir diretamente o emocional.

A ansiedade pode ser dividida em duas partes, sendo a natural e a que causa sérios transtornos. Segundo a pesquisado e doutoranda Olivia Remes, os transtornos de ansiedades causam sérios problemas para o modo de convivência, pois ela provoca medo constante, inquietação, e faz a pessoa se sentir que sempre está em seu limite.

Apesar de ser uma situação delicada, esses transtornos podem ser amenizados, mas, para isso, é necessário um esforço por parte da pessoa.

Olivia Remes não garante que a pessoa deixe de ser ansiosa, mas é possível aprender a lidar com esse tipo de problema, com o objetivo de fazer o nosso cérebro se acostumar.

1) Monitore os seus pensamentos: a maioria das pessoas que sofrem com ansiedade ficam pensando negativamente e está praticamente tomado por esse sentimento. Elas são pessimistas e a todo momento imaginam que algo ruim está prestes a acontecer e não podem evitar isso. Segundo a pesquisadora, a pessoa não pode lutar contra esses pensamentos e o ideal é escolher um horário para limitar essas imaginações.

2) Praticar meditação e fazer atividades físicas: como a maioria das pessoas já sabem, exercícios físicos ajudam o corpo e a mente, pois assim os pensamentos negativos são eliminados, nem que seja por um instante. No entanto, praticar atividades físicas frequentemente vai ajudar a melhorar seu estado psicológico e a pessoa se tornará mais tranquila e segura.

3) Ocupe-se: fazer alguma coisa diariamente o ajudará a esquecer os problemas da vida. Dar um propósito para sua existência, ou seja, pensar no futuro, pode ajudar a controlar a ansiedade, e um trabalho ou atividade diária pode ser o começo de bons pensamentos. Pensar que você faz a diferença para a vida de alguém é algo significante, que pode ajudar a controlar os transtornos.

4) Veja o lado bom da vida: isso pode ser um pouco desafiador para as pessoas que sofrem com a ansiedade, mas focar nas coisas boas e pensar positivamente evita a inquietude. Apesar das coisas negativas sempre estarem presentes na sua imaginação, tente começar a pensar em algo positivo.

5) Viva o presente: ficar pensando nos momentos ou acontecimentos do passado não vai adiantar em nada, pois o ideal é você aproveitar a cada minuto e viver intensamente o presente. Em hipótese alguma pode começar a imaginar as coisas que estão por vir, pois isso pode ser frustrante, caso as suas projeções não aconteçam.