Prevenção é o sinônimo para aqueles que não descuidam em nenhum momento dos perigos que a vida pode trazer, ainda mais quando o assunto são as relações sexuais. Embora os métodos preventivos sejam bastante difundidos entre a população, milhares de pessoas são infectadas todos os anos por doenças sexualmente transmissíveis, que caso não sejam tratadas, podem oferecer sérios riscos a vida de alguém exposto a este tipo de enfermidade. Preservativos continuam sendo a forma mais eficaz de evitar essas doenças, e contam com modelos masculinos e femininos, embora este último não seja tão conhecido e usado pelas mulheres. Confira alguns deste sintomas que aparecem quando alguma coisa não está bem com o seu aparelho reprodutor:

Verrugas no órgão genital

O aparecimento de verrugas e sobressaliências no órgão genital de alguém pode indicar a presença de alguma DST no corpo.

É importante verificar qualquer tipo de anormalidade para que a doença seja tratada o quanto antes. Onde não havia nada e aparece algo parecido como uma verruga poderá indicar uma doença que precisa ser tratada, como o HPV.

Corrimento vaginal ou peniano

Embora o corrimento seja muito mais comum no canal urinário feminino, alguns homens poderá apresentar esse indício que pode evidenciar algum tipo de DST presente na corrente sanguínea do paciente. Corrimentos geralmente indicam a presença da gonorréia, que incide mais sobre as mulheres e muitos homens estão sujeitos a ter essa doença, [VIDEO] caso realizem algum ato sexual sem a proteção devida.

Cheiro muito forte vindo dos ‘países baixos’

Ninguém gosta de sentir um cheiro desagradável vindo das partes íntimas, que pode indicar que algum problema está acontecendo ali.

A presença de algum fungo ou bactéria pode ser o grande vilão para o mau cheiro, que serve como alerta para algum tipo de doença se desenvolvendo na região.

Coceira indiscriminada nos órgãos genitais

Quando uma coceira começa a se tornar frequente e até chega a ferir o órgão genital, é importante descobrir do que se trata tal incômodo. Pode ser apenas uma falta de higiene, mas quando os sintomas persistem, pode ser um indicativo que uma DST está começando a se desenvolver ali. [VIDEO]

Dor na hora de praticar atos sexuais

O prazer munido de dores incômodas pode sinalizar uma DST que deverá ser tratada imediatamente. Além de ter problemas para realizar o ato sexual, a pessoa poderá contaminar o parceiro, já que a dor pode estar relacionada a algum tipo de DST.