2

Se você é o sexo masculino e tem mais de 50 anos, é preciso se preparar para os exames preventivos, evitando o câncer de próstata. Ir a um urologista pode ser considerado com um tabu para muitos homens e, segundo pesquisas, mais de 50% deles nunca sequer foram a um médico especializado. Porém, é extremamente importante se prevenir, pois o câncer de próstata é o segundo que mais atinge os homens, sendo estimados 61.200 novos casos nos anos de 2017 e 2018, apenas no Brasil [VIDEO].

Apesar o câncer [VIDEO]de próstata não ter uma prevenção, é de extrema importância ser diagnosticado cedo, pois isso será essencial para o tratamento.

Seu principal exame é feito pelo toque e, por isso, acaba tendo um certo preconceito e medo por parte dos homens. Se você pensa assim, é melhor ir mudando de opinião, pois é uma doença que deve ser evitada, sendo importante seu tratamento. Não deixe de conferir as principais dúvidas sobre o assunto a seguir, com respostas do médico urologista Carlos Sacomani:

O exame de toque dói?

Na maioria das vezes, os pacientes não reclamam ou aparentam nenhum tipo de dor, e sim um certo desconforto pelo ato, explica Sacomani. Além do mais, o exame pode ser feito de várias formas, sendo uma delas de pé ou sentado.

Porém, o mais comum é sentado, tomando as devidas precauções, como usar luvas, e utilizar os anestésicos necessário.

Quanto tempo dura?

Para a felicidade dos homens, o exame é bem rápido e prático, demorando poucos segundos.

Em que idade deve começar a fazer os exames?

Se houver casos de parentes na família que sofriam com a doença, é importante fazer o exame mais cedo, com 45 anos.

Caso não haja relatos na família, deve se iniciar aos 50 anos, sendo motivado e recomendado pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU).

Com que frequênciaum homem deve fazer o exame de próstata?

O exame é feito 1 vez por ano em casos normais, porém, pode ser mudado, dependendo da vontade e o diagnóstico do paciente.

É importante fazer o exame PSA (feito através da análise do sangue) para diagnosticar a doença?

É aconselhável que os homens façam ambos os exames, segundo recomendação de estudos.

O maioria dos casos de câncer de próstata são diagnosticados a partir do exame PSA, sendo um exame extremamente sensível para identificar a existência da doença, afirma o médico.

Como escolher o profissional adequado para fazer o exame?

É necessário que seja um médico especializado em Urologia, afirma Sacomani. Para identificar o médico mais próximo de sua residência, você pode entrar no Portal da Sociedade Brasileira de Urologia. Você também pode recorrer ao atendimento em hospitais públicos, sendo uma maneira mais simples de ser atendido.