Na última sexta-feira, dia 24 de novembro, o presidente da República, Michel Temer, de 77 anos, foi internado na capital paulista, no hospital Sírio-Libanês, para ser submetido a uma cirurgia. O quadro de Saúde do presidente merecia cuidados que não poderiam ser deixados para um segundo momento, tendo em vista que complicações mais sérias poderiam acometer a saúde do presidente Temer.

Neste Domingo, 26, a Secretaria de Comunicação Social do Palácio do Planalto divulgou nota em sua rede social e demais canais de comunicação informando a população brasileira que o quadro de saúde de Temer é estável e que, após incessantes avaliações médicas, o presidente deverá ter alta hospitalar na próxima segunda-feira (27).

Michel Temer foi submetido após sua internação a uma cirurgia chamada angioplastia, que visou desobstruir três artérias do coração do presidente que estavam entupidas.

Problema de saúde cardíaco é grave

O quadro de insuficiência coronariana que Michel Temer apresentava é algo sério e que merece muita atenção. O problema é causa de morte de milhares de pessoas por todo o mundo, pois pode causar o infarto.

Como isso acontece?

A coronária é uma artéria responsável por levar sangue para o tecido do coração. Quando ela começa a entupir, a quantidade de sangue que chega para nutrir o coração é menor. Com isso, o coração começa a ter que trabalhar mais com menos oferta de nutrientes, e começa a sofrer por isso. Se em um determinado momento a artéria entupir de uma vez, é interrompida a oferta de oxigênio para o tecido.

O que ocorre? [VIDEO] O coração infarta. É esse o processo que leva milhares de brasileiros à morte. Para reverter isso, o presidente Temer passou por uma cirurgia com a introdução de alguns stents.

Stents? Como funciona e o que eles fazem?

Pense que os stents são pequenas "molinhas", dessas que muitas vezes encontramos dentro de canetas. Ao colocar uma molinha dentro do vaso que está quase entupido, aumentamos a luz do vaso e com isso aumentamos a quantidade de sangue que passa por ele, diminuindo e muito as chances de um infarto agudo do miocárdio.

Eu tenho a artéria coronária entupida? Como sei disso?

A dor mais característica é a no peito, que pode ser como um aperto, uma queimação ou uma pontada. Essa dor pode ficar apenas o peito, como pode ir para os braços, nuca, costas e região da mandíbula. Outros sintomas que merecem atenção redobrada é dor no peito após exercício físico ou estresse emocional, náusea, vômito, dor na "boca do estômago". Se você observar qualquer um desses sintomas, o ideal é procurar o serviço médico de emergência.

Fique ligado, com saúde não se brinca. [VIDEO]