Apesar de existirem registros de pinturas e quadros da antiguidade e até mesmo postagens que revelam o cuidado que o ser humano [VIDEO] tem com os #pés, o fato é que o profissional que se especializou para cuidar deles, o podólogo, é ainda pouco conhecido pela população. A podologia é a parte da ciência que estuda a estrutura anatômica dos pés, cuidando de sua #Saúde, em todos os seus aspectos, sejam estruturais (anatômicos), as doenças que possam afetá-los (patológicos), ou funcionais (fisiológicos).

O podólogo (ou podologista) é o profissional que cuida da saúde dos pés de seus pacientes, fazendo uso dos conhecimentos científicos adquiridos.

Em busca de maiores espaços

Atualmente, o podólogo já funciona como um profissional da saúde, conseguiu abrir espaço e não se enquadra apenas como um técnico ligado somente a podologia, mas também é um agente de saúde que atende a todas as idades, ligado ao tratamento preventivo.

Até mesmo os bebês podem ser tratados por esses profissionais. Os recém-nascidos têm as unhas muito finas, que devem ser cortadas por pessoa experiente, para evitar que se encrave. Mas pode, inclusive, já nascer encravada.

Uma profissão indispensável, mas ainda desconhecida

O trabalho de um podólogo é manter os pés saudáveis, por meio de cuidados adequados a cada caso, pois existem casos em que os pés, se não forem devidamente cuidados, estará sob risco de diversos males que podem até mesmo levá-los a uma amputação.

Sua atividade é eficaz com pessoas diabéticas. É preciso divulgar o seu trabalho, já que, uma grande parcela da população brasileira ainda associa os trabalhos desse profissional ligados apenas à beleza estética dos pés, desconhecendo suas reais habilidades.

Cuidados especiais com os pés de pessoas diabéticas

As pessoas diabéticas tendem, ao longo do tempo, a perder a sensibilidade de seus pés e também a percepção dos problemas que surgem e se agravam. É o exemplo de uma unha que cresce demais e passa a cortar a pele, ou até mesmo um calo que, não cuidado, se agrava e progride ao estado de uma úlcera. Isso pode ser evitado com os cuidados preventivos de um profissional podólogo, mantendo os seus pés saudáveis.

É fato notório que os diabéticos têm imunidade baixa, e que a defesa do seu corpo acontece de forma lenta, o que dificulta sobremaneira a cicatrização até mesmo de um simples corte causado por uma unha grande, e sofrer uma infecção grave, ou ainda pisar em algum objeto cortante e não o perceber, devido a perda da sensibilidade dos pés. A falta de cuidado pode levar a pessoa a perder a perna

A forma de cortar as unhas e de tirar as cutículas pode comprometer a imunidade dos pés. Um simples corte pode levar a uma úlcera interna e até a sua amputação. #diabete