Algumas coisas que acontecem na relação a dois podem ser realmente preocupantes. [VIDEO] É bom sempre ficar de olho, a fim de evitar problemas mais graves. Recentemente, o programa 'Bem Estar' elaborou algumas dicas cruciais, que ajudam os casais a evitarem problemas como doenças.Infectologistas, urologistas e ginecologistas ajudaram a traçar alguns erros que acontecem na Hora H. [VIDEO]

Nesse artigo, aproveitamos para inserir outros problemas importantes, que podem abalar o dia a dia do casal. Lembramos que, a lista a seguir, não pode substituir os cuidados médicos. Estar diante de um especialista é bastante importante.

Ele é quem pode ajudar a mapear não apenas as dúvidas, mas também algo que você acha que pode estar ok, quando, na verdade, não está.

Os erros comuns que os casais cometem na hora da relação íntima

1 - Nada de parar de usar o preservativo sem a autorização médica

Não é porque você tem uma relação íntima com alguém que a confiança precisa ser 100%. Antes de interromper o uso da camisinha ou de qualquer método contraceptivo, o indicado é que, tanto o homem, quanto a mulher, deem uma ida ao médico, que ajudará os dois a fazerem exames. Isso ajudará, por exemplo, em uma possível gravidez e que a criança que nascerá não tenha problemas graves de saúde.

2 - Nada de prender o xixi após o ato sexual

Esse recado é especial para as mulheres. Elas têm a uretra muito pequena e, por isso, o caminho para as bactérias entrarem no seu sistema reprodutor é mais curto.

Essa característica física explica o fato de muitas mulheres terem infecções urinárias constantes.

3 - Nada de usar a mesma banheira e, especialmente, não se enxugar após o banho

O uso da mesma banheira ajuda na transmissão de bactérias. O casal fica sem qualquer proteção. O mais garantido é o uso do chuveiro tradicional, de preferência, com cada um fazendo a sua higiene por vez.

4 - Mentir não é legal, especialmente quando se está passando por problemas de saúde

Isso é muito perigoso e desonesto. Especialmente quando se fala de doenças sexualmente transmissíveis, não dividir o seu problema pode prejudicar a vida de quem você ama.

5 - Não force o seu parceiro a nada

Uma relação precisa ser sempre consensual. Isso vale para ambos os lados. A mulher não é obrigada a ter sempre vontade de ter relações. O mesmo vale para o homem.

E você, o que achou dessa lista baseada em dicas médicas e também no comportamento humano? Muita gente que foi alertada já está a mudar suas atitudes, enquanto outras acreditam que o método mais efetivo são suas próprias regras e a análise de cada um sobre o próprio corpo.