Para muitas pessoas, só de ouvir a palavra Dieta já é motivo de sentir calafrios. Muitos associam a palavra com sofrimento ou período de restrição alimentar, porém, hoje venho desmistificar essa ideia e fazer você compreender a realidade sobre fazer uma dieta e a importância disso no seu dia-a-dia.

Dieta nada mais é do que você saber e possuir o controle do que está se alimentando durante o dia, simples assim. A palavra dieta é erroneamente assimilada a perda de peso com sacrifício, porém, você precisa saber que dieta pode ser utilizada tanto para ganhar peso, no caso massa magra, quanto para manter o seu peso.

Agora que já esclarecemos o que significa a palavra dieta, podemos avançar e quebrar o trauma que todos vivenciam ao ter que lidar com essa palavrinha tão mal interpretada.

Quando você conhece a quantidade calórica necessária para você se alimentar diariamente e principalmente divide entre os três principais pilares, Carboidratos, Proteínas e Gorduras, as porcentagens para consumo diário, você é capaz de definir se irá perder, manter ou ganhar peso conforme sua necessidade, sabendo que cada grama de carboidrato e proteína geram 4 calorias e a gordura gera 9 calorias por grama.

A contagem dos "Macros" é fundamental para atingir seu objetivo e existem várias formas de se fazer isso. Através de aplicativos, inserindo os valores nutricionais ou até mesmo anotações em planilhas ou notas.

Conforme o atleta Caio Bottura explica, você vai ajustando sua dieta, não esquecendo que é preciso sair do sedentarismo e praticar exercícios para fazer valer seus carboidratos serem consumidos.

Dieta Flexível, você conhece?

A dieta flexível foi fortemente difundida pelo atleta natural de bodybuilding Caio Bottura, residente hoje nos EUA, em Ohio. Ele defende que não existe esta história de alimento bom ou ruim, o nosso corpo simplesmente recebe números (calorias), e para ele é o que importa. A diferença é que determinados alimentos possuem diferentes tipos de calorias e são compostos por diferentes quantidades de carboidratos, proteínas ou gorduras. Exemplo:

Em 100g de aveia, há 66,2g de carboidratos. Já na famosa 100g de batata-doce, há 18g de carboidratos. Em ambos existem outras coisas além das fibras, que são muito importantes para nosso corpo. Como pode ser observado, existe muito mais carboidrato na aveia do que na batata doce, mas o que precisa ser observado é que você não irá conseguir comer 100g de aveia de uma vez. Já 100g de batata doce será bem mais tranquilo. Isso acontece com os outros alimentos também.

Então eu posso comer qualquer coisa desde que esteja dentro da quantidade de calorias e atingindo os macros diários?

E é aí que entra a Dieta Flexível, você pode montar seu cardápio incluindo coisas que você gosta, como pizzas, hambúrgueres ou o que desejar.

Mas é preciso ter muita consciência e responsabilidade nessa parte, pois isso também não significa que você deve comer apenas esse tipo de alimento, tendo em vista que seu corpo precisa de outras vitaminas, nutrientes e fibras que são encontrados nas frutas, legumes e verduras.

Um bombom contém calorias equivalentes a uma refeição, porém, ele não irá te saciar a fome da mesma forma, é preciso utilizar esses desejos de forma consciente e para que você não acabe saindo da dieta e atinja seus objetivos, assim evitando os famosos transtornos alimentares que são comuns em dietas restritivas como conhecemos.

Sem contar que cada macro consumido tem sua importância no corpo e não pode deixar de ser consumido. Os Carboidratos são nosso combustível e trazem a energia necessária para o dia, as gorduras ajudam em vários processos fisiológicos e auxiliam no intestino e proteínas na construção dos músculos e trazem grande saciedade, evitando que se coma além das calorias necessárias diariamente.

Entenda que isso é apenas um apanhado bem resumido do que você precisa conhecer para conseguir montar sua dieta e não se esqueça que o treino também é parte vital para que alcance seu objetivo, fuja do sedentarismo!