2

O dispositivo se chama MR Box, porém ainda está em teste, mas ela usa o sangue de uma punção no dedo somente para detectar a presença de anticorpos contra o sarampo e a rubéola em 35 minutos.

Infelizmente, o sarampo mata aproximadamente 134.000 crianças por ano, e a rubéola faz com que perto de 100.000 crianças nasçam com mal formação genética, por exemplo, a surdez; o estudo foi publicado na edição da quarta-feira (25) da revista cientifica “Science Translational Medicine”

Os pesquisadores testaram esse tipo de dispositivo em cerca de 144 crianças e cuidadores de um campo de refugiados de Kakuma, noroeste da Quênia. Pequenas quantidades de líquido são colocadas nesse dispositivo, que realmente, é parecido com um chip de computador.

O objeto que faz a leitura do resultado é um computador portátil, que realiza o processo em apenas 35 minutos.

O sarampo vai afetando anualmente cerca de 20 milhões de pessoas; em 2013 causou a morte a 96.000 pessoas, diminuindo em relação às 545.000 em 1990, porém a maior parte das mortes acontece entre crianças menores de cinco anos de idade; os sintomas no caso é de febre, tosse, corrimento nasal, olhos inflamados e manchas na pele; em 2015 foram contados cerca de 73.400 mortes, caindo muito entre 2013 e 1990.

Por outro lado, a rubéola pode se espalhar pelo contato direto com a saliva ou o muco de uma pessoa infectada ou pelo ar, por meio de gotículas respiratórias produzidas ao tossir e espirrar. A doença da rubéola aqui no Brasil [VIDEO]atinge menos de 15 mil anualmente, porém é uma doença que tem cura através de um auxílio médico, diagnóstico médico, exames laboratoriais ou de imagem, por outro lado, tem cura também com a vacina.

Os sintomas da rubéola são

  • No Corpo: febre ou mal-estar
  • Comum: coriza, dor de cabeça, gânglios cervicais aumentados, manchas avermelhadas ou vermelhidão nos olhos.

Pois bem, de acordo com os cientistas, o show ainda não acabou; ainda fazem testes com esse dispositivo que talvez possa mais adiante ser uma Tecnologia de ponta.

A tecnologia foi desenvolvida e está sendo testada por pesquisadores da Universidade de Toronto no Canadá.

Como se observa, os anos se passam, os relógios mudam, a tecnologia se inova e a gente se surpreende com cada acontecimento que vai acontecendo com a Ciência.

Esse invento está nas mãos desses cientistas e pesquisadores que estão lutando para conseguir algo bem feito, portanto tudo isso está nas mãos deles.