Quando utilizado como tempero, o alho é um dos ingredientes mais saborosos que está presente na culinária mundial. Além de ser um componente importante na maioria das refeições, estima-se que o alho seja muito importante para a boa saúde. De acordo com uma pesquisa recente realizada na Inglaterra, descobriu que os benefícios do alho [VIDEO] vão além da eficácia aos resfriados e gripes.

De acordo com a informação publicada pelo jornal britânico The Independent, os cientistas da Universidade de Nottingham encontraram evidências de que o alho pode diminuir o risco da incidência de câncer e combate às doenças cardiovasculares e o diabetes tipo 2.

Os pesquisadores britânicos chegaram a essa conclusão [VIDEO] depois de estudarem como o modo de preparo do tempero pode interferir na capacidade do alimento em evitar problemas de saúde. Entretanto os pesquisadores não têm informações concretas sobre qual seria a melhor forma para consumir o alho com todos os seus benefícios.

A pesquisa encontrou evidências de que o alimento produz uma diversidade de substâncias à base de enxofre quando ele é processado. Os cientistas descobriram que os compostos à base de enxofre podem ajudar a regular às ''moléculas sinalizadoras gasosas'' do nosso organismo, como o óxido nítrico e o sulfeto de hidrogênio, que são produzidas pelo corpo humano.

Estes compostos estão presentes em concentrações acima da média em organismos de pacientes que sofrem de doenças crônicas.

O próximo passo da pesquisa é descobrir como as substâncias à base de enxofre agem no organismo e quais alimentos elas podem ser encontradas. Em entrevista para o jornal The Independent, o bioquímico Peter Rose, explicou que as plantas encontradas em ambientes selvagens apresentam grandes propriedades medicinais, que podem ser benéficas à saúde das pessoas.

Exterminador de bactérias

Uma pesquisa realizada pelo pesquisador Pasteur, em 1858, descobriu que o alho apresenta em sua fórmula uma ação antibacteriana, capaz de eliminar 14 tipos de bactérias. A descoberta foi confirmada por diversos pesquisadores da atualidade. Durante a pesquisa pôde-se observar que uma solução extraída do alho desidratado demonstrou-se eficaz contra a Salmonella typhimurium.

Esse efeito está atribuído à alicina, considerada componente-chave em relação à ação antimicrobiana, que pode ser caracterizada pelo odor do alho, que também é eficaz em ações antibiótica, anti-inflamatória, antimicrobiana, antiasmática, antioxidante, anticancerígena, entre outras.