Com o passar dos anos, muitas técnicas foram sendo desenvolvidas na intenção de ajudar as pessoas a perder peso ou reduzir medidas. Existem muitas loções, cremes, operações, injeções, géis, entre outros métodos, que podem ser muito práticos na hora de eliminar gordura. Mesmo com todas essas opções, existe outro procedimento que promete aumentar a capacidade de queimar tecido adiposo e calorias [VIDEO].

O método a princípio parece ser tranquilo, pois consiste em envolver o local a ser tratado com filme plástico [VIDEO] na intenção de aumentar a temperatura do corpo enquanto se pratica exercícios, ou até mesmo enquanto se dorme.

A técnica deixou de ser exclusividade de clínicas particulares para ser realizado em casa por mulheres que não possuem conhecimento técnico no assunto.

Essa técnica chegou a ser muito usada e defendida pelas famosas. Entretanto, ela não é recomendada pelos especialistas porque pode ser extremamente perigosa para a saúde.

O uso de filme plástico envolto em regiões onde existe gordura corporal para elimina-la

Utilizar filme plástico enrolado na região do corpo que acumula gordura para reduzir as medidas não é um método eficaz e não promove nenhum benefício. A única reação que realmente acontece é uma quantidade maior de suor na região envolta e, consequentemente, perda de água.

Entretanto, essa reação é um pouco ilusória, pois, assim que a pessoa se hidratar novamente, o líquido será imediatamente reposto no local.

Essa prática não é recomendada pelos profissionais especializados em tratamentos estéticos por muito perigosa para a saúde, podendo até gerar desmaios ao aumentar muito a temperatura corporal.

Em entrevista para o site Vix, Fabianna Queiroz, que é educadora física da academia Contours, informou que quando o corpo é submetido a atividades físicas, ele elimina suor e, consequentemente, são eliminadas as toxinas, bem como acaba ocorrendo a troca de energia.

Quando a pessoa aplica o filme plástico em uma região do corpo, esse processo pode ocorrer, já que o plástico não é capaz de absorver o suor e também não permite que a região libere os líquidos.

Fabianna afirmou que esse suor que ficará acumulado no filme plástico pode até dar origem a uma micose na área. A educadora completou dizendo que, embora algumas pessoas tenham dito que conseguiram uma cintura fina e não tiveram problemas com o uso do método, a sensação de cintura afinada não passa de uma ilusão, pois ela não estará fina definitivamente, é apenas uma perda de liquido temporária que fará a região desinchar.