As infecções íntimas são mais comuns do que se imagina e podem atingir toda a área íntima feminina. Algumas mulheres sofrem com mais frequência dessas infecções, mas isso não quer dizer que seja falta de higiene.

Confira abaixo algumas formas mais comuns de adquirir infecções: [VIDEO]

1 - Preservativo

Não é totalmente comprovado que esse seja totalmente a causa de infecção, mas não trocar o preservativo na hora da relação íntima leva bactérias para a região íntima feminina, ainda mais quando a relação vai além da convencional. Portanto, deve-se trocar a cada vez durante a relação.

2 - Antibióticos

Em tese, o antibiótico é para justamente eliminar o que causa uma doença e isso parece contraditório quando se afirma que antibióticos causam infecções.

O que acontece é que esses medicamentos afetam diretamente as bactérias que são benéficas para o corpo e as maléficas. Quando ataca a bactéria do bem, deixa a área suscetível a infecções.

3 - Hormônios

A alteração hormonal pode muitas vezes causar infecções por fungos porque aumenta o estrogênio encontrado no organismo. Durante o período de uma gravidez é o momento mais frágil e que fica mais fácil contrair infecções. [VIDEO] Durante terapias e quando a Mulher está na menopausa também têm um grande risco de infecções.

4 - Materiais sintéticos

Ambiente quente e úmido é o local perfeito para a proliferação de bactérias e fungos, causando infecções com mais facilidade. Calças muito apertadas, leggings e roupas íntimas feitas com tecidos sintéticos são os ambientes perfeitos para que esses micro-organismos se desenvolvam.

O uso máximo diário desses itens citados acima deve ser de 10 horas. Outra dica é usar roupas com pelo menos 50% de algodão.

5 - Glicose no sangue

Não somente os seres humanos gostam de doce, leveduras também adora. Assim sendo, o diabetes e as infecções estão interligadas.

Uma dieta com pouco açúcar e gordura melhora a Saúde e ajuda a prevenir doenças. Para quem sofre de diabetes, é de suma importância ter o nível de glicose sempre dentro da média estipulada pelo médico.

Saiba que nem todas as infecções são iguais. Elas possuem diferentes aspectos e deve ser tratada de forma diferenciada ordenada por um médico especialista. Alguns tipos de infecções íntimas são:

- Infecção fúngica ou micose: é a mais comum, como a candidíase.

- Vaginose: bastante comuns entre as mulheres que estão em idade de reprodução.

- Tricomoníase: se contrai através de relação íntima.

- Clamídia: intimamente transmissível e pode causar outras doenças, como conjuntivite, artrose e pneumonia.

- Herpes: a forma viral de infecção.