Um objeto interestelar visualizado ano passado e batizado com o nome de Oumuamua está dando o que falar. Acontece que dois cientistas do renomado Centro de Astrofísica da universidade de Harvard, nos EUA, estão afirmando que tal objeto pode ter sido enviado ao nosso sistema solar por alienígenas.

Shmuel Bialy e Abraham são os autores do estudo que está levantando essa possibilidade.

Segundo o estudo, o Oumuamua é um objeto considerado raro. Inclusive foi apontado como o primeiro a entrar em nosso sistema solar.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Ciência

Os astrofísicos explicaram que o deslocamento do objeto não aconteceu por acaso. Durante a explicação, eles afirmaram que o Oumuamua recebeu uma rota direcionada ao nosso sistema.

Os dois não acreditam que tal rota aconteceu de forma aleatória.

Eles ainda abordam que uma civilização alienígena possa ter enviado este objeto e acreditam que ele seja parte de uma sonda operacional enviada à Terra de forma intencional.

Explicação para o deslocamento

Em Harvard [VIDEO], os astrofísicos responsáveis pelo estudo debateram a respeito da possibilidade de que talvez a pressão provocada pela radiação solar poderia ser a responsável pela a aceleração do Oumuamua. Porém, se o caso fosse realmente esse, tal objeto estaria representando uma novíssima classe de material interestelar fino, ou então produzido de forma artificial ou até mesmo natural.

Três hipóteses para Oumuamua

Renato Vicente, físico pela USP (Universidade de São Paulo), explicou que existe uma hipótese de realmente o objeto ser de origem alienígena.

Ele ainda afirma que é muito raro um objeto assim ser flagrado por telescópios.

Vicente acredita que três coisas possam explicar a visualização da passagem desse objeto.

A primeira hipótese é que existem muitos outros objetos desse mesmo tipo circulando pelo espaço, e por isso as teorias atuais que visam explicar suas existências nem conseguem se aproximar a quantidade real desses objetos.

Outra linha de pensamento sugere que tal objeto é realmente raríssimo e o mundo teve muita sorte de ver algo assim.

E a última hipótese é que Oumuamua se trata realmente de um objeto artificial e isso poderia provar que ele é um produto compatível com a origem de alienígenas.

Renato ainda disse que durante todo esse período que se tem observado o espaço interestelar dá para chegar à conclusão de que a "criação de objetos desse tipo" deveria ser pelo menos 100 vezes maior.

Ele ainda faz algumas ponderações e diz que embora pareça ser fácil a explicação de que o objeto é artificial, não é. O astrofísico [VIDEO]informou que isso envolve uma história anterior. Ele explica que para existir uma sociedade com tal capacidade de fazer viagens interestelares, o mundo precisa assumir que existe essa evolução numa sociedade.