Você recebeu uma informação, imagem ou notícia sobre Saúde e não sabe se aquilo é verdade ou não. O que fazer nessas horas? Ciente da importância de oferecer um sistema de checagem confiável a todos os cidadãos, o Ministério da Saúde criou em agosto o canal Saúde Sem Fake News, um número de WhatsApp exclusivo para averiguar e informar os brasileiros sobre possíveis Fake News, as chamadas notícias falsas, que têm circulado pelas redes sociais.

Com saúde não se brinca, por isso é extremamente necessário confirmar informações recebidas com profissionais confiáveis da área.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Saúde

Se você recebeu uma notícia informando algo sobre vacinação ou sobre doenças contagiosas ou infecciosas e quer confirmar se aquela informação é verdadeira ou não passa de um boato, é muito fácil.

Basta adicionar o número (61) 99289-4640 em seu WhatsApp, reencaminhar a mensagem, imagem, áudio ou link recebido e aguardar a resposta dos profissionais do Ministério da Saúde com esclarecimentos sobre o tema. O horário de atendimento é de 2ª a 6ª feira (exceto feriados), das 10h30 às 12h e das 14h às 18h, segundo o horário de Brasília-DF. Todas as notícias desmentidas pela Pasta também estão disponíveis no site www.saude.gov.br/fakenews.

Vacinação evita ressurgimento de doenças eliminadas e controladas e reforça sistema imunológico

Como em todos anos, o Ministério da Saúde realiza sua campanha de vacinação para incentivar que todos os brasileiros recebam as vacinas necessárias para manter doenças controladas ou eliminadas fora de circulação em nosso país. Se você ouviu ou recebeu uma mensagem informando que determinada vacina não é necessária ou que a vacinação causa efeitos colaterais irreversíveis, entre em contato com o canal Saúde Sem Fake News e verifique a informação.

Os melhores vídeos do dia

Como informado pelo Ministério da Saúde, o canal não funciona como um SAC ou tira dúvidas, mas sim como uma fonte de verificação de mensagens e boatos sobre vacinação e doenças em nosso país.

O Ministério da Saúde também adverte que, assim como outros medicamentos, as vacinas podem causar efeitos colaterais leves, como febres e dores no braço, entre outros. No entanto, estes sintomas costumam durar muito pouco, e são poucas as pessoas que são afetadas pelos efeitos colaterais. A vacinação é de extrema importância para reforçar o sistema imunológico [VIDEO] da população brasileira, tornando você, seus parentes e sua comunidade mais fortes para encarar vírus e bactérias encontrados em nosso meio ambiente.

Faça sua parte ajudando a evitar as Fake News e contribuindo com a saúde de sua comunidade

Além de sanar suas dúvidas pessoais, o novo canal Saúde Sem Fake News do Ministério da Saúde ajuda a evitar que informações falsas e boatos sobre saúde, vacinação e contagio de doenças em território nacional sejam espalhadas, causando pânico e preocupação em muitas pessoas.

Além de checar as informações, imagens, links, áudios e textos recebidos pelo canal do WhatsApp, você também pode sugerir a amigos e parentes que façam o mesmo, contribuindo com sua comunidade.

Se você tem filhos pequenos ou adolescentes e parentes ou amigos idosos, compartilhe esta informação com eles e garanta que todos estejam em dia com a caderneta de vacinação. Tomar todas as vacinas adequadas para cada idade é algo de extrema importância para evitar doenças que podem causar sequelas permanentes e até a morte. Se você quer ajudar seus parentes, amigos e sua comunidade a estarem sempre com a saúde em dia, incentive-os a acompanharem e tomarem todas as vacinas do Calendário Nacional de Vacinação, e faça o mesmo você também. Além disso, desconfie de informações advindas de fontes suspeitas ou desconhecidas, e sempre cheque com o canal Saúde Sem Fake News se a informação é ou não verdadeira. Esta simples atitude pode ajudar a salvar vidas e contribuir para que nosso país continue livre de doenças controladas ou eliminadas.

Para mais informações, consulte o site oficial do Ministério da Saúde e descubra mais sobre vacinação na seção criada especialmente para o tema. Você pode acessá-la através deste link: www.saude.gov.br/vacinacao.

O Ministério da Saúde relembra que todas as vacinas aplicadas em território nacional são certificadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), e que existem atualmente mais de 19 vacinas gratuitas para combater mais de 24 doenças e cinco agravos. O Brasil conta com mais de 36 mil salas de vacinação nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) elocalizadas em todo o país. Acesse o site oficial do Ministério da Saúde para conferir a mais próxima de você, ou informe-se no posto de saúde ou hospital de sua região.

Saúde é coisa séria! E lembre-se: não existe vacina contra o arrependimento!