A ONU desenvolve diversas ações educacionais. Semanas atrás, a entidade publicou um concurso de redação para estudantes do mundo todo. A proposta era promover a diversidade linguística. Agora, através de seu Núcleo de Capacitação em Políticas Públicas, está oferecendo 4 cursos online grátis. As atividades são promovidas pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO). Os cursos tratam da febre aftosa, agricultura familiar, pesticidas e riscos climáticos. O conteúdo se refere a realidade da América Latina e aborda os impactos climáticos sobre as atividades agrícolas na região.

Confira os cursos

Registro de pesticidas químicos para uso agrícola

São 200 vagas abertas para um curso de 40 horas. Os módulos estão separados nos seguintes temas: Seus riscos para a saúde - Toxicologia Humana; Marco de referência internacional para o registro e gestão de pesticidas; Interpretação de propriedades fisicoquímicas de pesticidas, certificados e métodos de análise;  e Avaliação de risco e destino ambiental de pesticidas.

Agricultura familiar na América Latina e no Caribe

O curso em questão tem duração de 80 horas e não há limite de vagas.

Qualquer pessoa que tenha interesse no assunto pode se inscrever. O intuito é disponibilizar conhecimento teórico acerca da agricultura familiar e sobre a prática de políticas públicas em relação ao tema. O conteúdo do curso apresenta questões relacionadas à agricultura familiar na região Andina, sua sustentabilidade, seu desenvolvimento rural e as políticas públicas direcionadas para a sua prática.

Febre Aftosa: Alertas de saúde e emergências sanitárias

São 20 horas de aula. Não há limites de vagas. O curso visa apresentar ações sanitárias e conceituais para prevenir, controlar, combater e erradicar a febre aftosa. O conteúdo trata das propriedades e características do vírus; sua incubação e transmissão; seus efeitos em bovinos, ovinos e suínos; o diagnóstico; o processo de denúncia e notificação até a necessidade de sacrifício e a eliminação dos materiais contaminados.

Gestão de riscos climáticos na América Latina

O curso tem 30 horas de aula. O público-alvo são profissionais e técnicos da América Latina. Também é aberto para quem tenha interesse sobre o tema. O curso faz um quadro geral dos riscos que as variações e mudanças climáticas podem desencadear na agricultura. Entre os assuntos abordados estão os riscos climáticos, os impactos das secas e inundações.

Para realizar a inscrição e conferir outras oportunidades de cursos é só acessar o site da FAO. A entidade emite certificado para cada curso. 

Siga a página Negócios
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!