O Conselho Regional de Nutricionistas da 6ª Região, que abrange grande parte da região Nordeste do Brasil abriu concurso público para preencher 804 #Vagas. As oportunidades são para cargos de nível médio e superior e os salários variam entre R$ 919 e R$ 2.690. A princípio são oferecidas 4 vagas imediatas e outras 800 para cadastro de reserva em três áreas de atuação.

Para os cargos de nível médio, são oferecidas vagas para assistente administrativo, com salários entre R$ 919 e R$ 1.225, dependendo da carga horária. Há também oportunidades para auxiliar de informática, com rendimentos que chegam a R$ 1.444. Já para os cargos de nutricionista, que exige o ensino superior completo, os salários chegam a R$ 2.609,00 para uma jornada de #Trabalho de 30 horas semanais.

Também há benefício como auxílio saúde e auxílio alimentação. As oportunidades são para as cidades de Fortaleza, Recife, João Pessoa, Imperatriz, Natal, Maceió, Teresina e São Luís.

As inscrições para o concurso público estarão abertas entre os dias 8 de junho de 2015 e 13 de julho de 2015 e podem ser feitas diretamente no site Quadrix. As taxas de inscrição custam R$ 35 para as vagas de ensino médio e R$ 60 para as de nível superior. A previsão é de que as provas sejam realizadas no dia 26 de julho nos municípios de Fortaleza, Recife, João Pessoa, Imperatriz, Natal, Maceió, Teresina e São Luís. O gabarito definitivo será divulgado no dia 10 de agosto de 2015 e o resultado final no dia 24 de agosto.

Para os cargos de nível médio, serão realizadas provas objetivas de 50 questões divididas em língua portuguesa, noções de informática, atualidades, legislação e conhecimentos específicos.

Os melhores vídeos do dia

Já para os cargos de nível superior além da prova objetiva, composta também por 50 questões (divididas em língua portuguesa, ética no serviço público, legislação e conhecimentos específicos) será realizada uma avaliação de título e experiência profissional de caráter classificatório.

Dentre as atribuições do cargo de nutricionista, está a tarefa de realizar visitas de fiscalização a pessoas físicas e jurídicas, para verificar a conformidade de práticas de acordo com a Política Nacional de Fiscalização do Sistema (CFN/CRN). #Governo