O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo acaba de publicar o edital para CONCURSO público para o cargo de escrevente técnico judiciário, que oferece 590 vagas distribuídas para várias regiões do Estado. O candidato deverá se inscrever exclusivamente pela internet através do site da Fundação Vunesp. O período de inscrição será entre os dias 10 de abril a 17 de maio de 2017.

A taxa de inscrição é no valor de R$ 68, paga através de boleto bancário.

Os candidatos desempregados e com remuneração mensal menor que dois salários mínimos (R$ 1.874) poderão pedir isenção da taxa, conforme previsto no edital do concurso.

O concurso oferece 5% das vagas ofertadas para pessoas portadoras de algum tipo de deficiência e 20% para negros. As vagas ofertadas serão distribuídas entre as comarcas 2ª a 10ª Região Administrativa, que inclui a capital e as cidades do interior.

É importante que os candidatos fiquem atentos ao programa do concurso. As informações estão disponíveis no cronograma de isenção da taxa de inscrição e no cronograma de inscrição de pessoas com deficiência e negro. No edital consta o modelo das declarações de isenção de taxa e reservas de vagas.

Atribuições e salário

O concurso oferece oportunidade de vagas para o cargo de escrevente técnico judiciário,.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia

O nível de formação exigido para exercer o cargo é de nível médio e contratação em regime estatutário. A remuneração é de R$ 4.473,16, acrescida de auxílio alimentação, saúde e transporte, com jornada de trabalho de 40 horas semanais.

O concurso será dividido em duas etapas, sendo a primeira etapa a prova objetiva, composta por 100 questões, que é de caráter eliminatório e classificatório. A segunda etapa corresponde a parte prática, composta por formação de texto e digitação, de caráter eliminatório.

As atribuições do cargo está relacionada às atividades: atender ao público interno e externo, elaborar e conferir documentos, controlar a guarda do material de expediente, bem como dar andamento em processos judiciais e administrativo.

Provas e conteúdo programático

A prova está prevista para o dia 2 de julho de 2017 e serão aplicadas na comarca sede de cada região. Os horários e locais de prova serão divulgados através de edital e cartão de convocação, que serão encaminhados pela Fundação Vunesp.

Fiquem atentos ao anexo III, que contem o conteúdo programático da prova objetiva, que consta de língua portuguesa, conhecimentos em Direito e conhecimento gerais (atualidade, matemática, informática e raciocínio lógico).

O concurso terá validade de um ano, a contar da data de homologação, prorrogável por igual período, a critério do Tribunal de Justiça.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo