Com a crise econômica e política no país, os índices de desemprego altos, qualquer possibilidade de renda é comemorada. Isso porque mesmo os empregos temporários garantem uma esperança aos brasileiros. Quando contratados em CLT, os trabalhadores recebem benefícios que podem assegurar alguma qualidade de vida por um período.

O próximo Censo Demográfico está previsto para acontecer em 2020. É esperado que sejam abertas 196 mil Vagas de recenseador, distribuídas em todos os estados do país, a maioria nas capitais e regiões metropolitanas, mas no interior também.

Para concorrer ao cargo de recenseador é necessário possuir o ensino fundamental completo e ser aprovado no processo seletivo, com base no último edital. A prova é dividida em quatro disciplinas que são: português, geografia, conhecimentos específicos sobre o IBGE e raciocínio lógico.

Prova

A última prova para recenseador foi realizada pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) no Censo Agropecuário em 2017.

A remuneração para o cargo de recenseador fica em torno de R$ 1.100, mas tudo dependerá da produtividade do funcionário que terá que garantir uma média de questionários por dia para se manter na ocupação. De mês em mês os recenseadores são avaliados com base no trabalho que fizeram no mês, o contrato é novamente renovado quando a avaliação que é feita pelos supervisores é positiva.

Outro detalhe é a forma de pagamento, a remuneração no último Censo Agropecuário era realizada através de uma ordem de pagamento em determinado banco, não há informações sobre mudanças para o Censo Demográfico.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Vagas Concursos

Os recenseadores têm direitos como décimo terceiro e recolhimento do INSS garantidos e proporcionais ao tempo de trabalho.

Outra observação importante é que além da remuneração por produtividade (quantidade de questionários aplicados), o recenseador também recebia (no último Censo) um valor correspondente ao deslocamento, esse montante era pago junto com a remuneração do setor e tinha valores específicos para cada localidade.

Não se confirma se haverá pagamento de deslocamento para o Censo Demográfico tendo em vista os cortes no orçamento e por se tratar de um Censo urbano.

Para quem tem interesse em estudar para se tornar um recenseador do IBGE, recomenda-se que se inicie os estudos através das disciplinas mais comuns e frequentes em certames, como português, matemática e raciocínio lógico, devido à quantidade de vagas e por se tratar de um cargo de nível fundamental, a concorrência pode ser considerada baixa, todavia, estudar antes que saia o edital é a melhor estratégia que o interessado pode fazer para sair na frente dos outros candidatos.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo