Conheça a vida do pintor brasileiro Adélio Sarro.

Adélio Sarro Sobrinho é natural de Andradina, interior de São Paulo. Sua história no mundo da arte começa a partir de uma visita à cidade interiorana de Brodowski, no estado paulista. Ao se vislumbrar com as pinturas de Cândido Portinari, decide se tornar pintor. Em meio a esta fase de redescobrimentos, começa a ler muitos livros de arte e a copiar as obras pelas quais se apaixonou naquele primeiro momento.

Em seus 41 anos de carreira, criou um estilo peculiar. Artista plástico nato agrega várias pinturas, esculturas e murais em sua profissão.

Suas telas trazem questionamentos sociais, e o impacto visual é realmente marcante. Rostos angulares em corpos de cores vívidas compõem o cenário das paisagens idílicas do artista.

Suas obras retratam principalmente, pessoas comuns, trabalhadores braçais, animais e instrumentos musicais, e produz um efeito multicolorido e ao mesmo tempo, harmônico.

Outra característica muito importante em sua arte é a utilização predominante da pigmentação azul. Pode se afirmar que, suas cores e matizes são típicas da America do Sul.

De acordo com especialistas, sua obra pode ser comparada, sobretudo à de um artista como Cândido Portinari, sendo influenciada pelo mexicano Rivera e pelo espanhol Pablo Picasso.

O artista transmite beleza de uma vida simples, que muitas vezes passa despercebida na visão de muitas pessoas: "trago em minhas obras lembranças da infância, as coisas belas que eu via: os pássaros, a agricultura... Minha arte transpõe o ser humano além daquilo que pensam que é. Assim, mostro as pessoas como deve ser, para que haja uma descoberta... ver a beleza da vida e poder senti-la...", afirma.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Educação

Além da pintura, Sarro expressa o universo de seus personagens também em formas monumentais, como esculturas e em grandes afrescos de concreto.

Sua projeção no Brasil foi dada somente por conseqüência de exposições em países como, França, Bélgica, Alemanha, Itália, Suiça, Portugal, Japão, Estados Unidos, Uruguai e Argentina.

São poucos os artistas de hoje que entrarão para a história da arte no mundo, mas com certeza, Adélio Sarro é um deles.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo