A peça "Harry Potter e A Criança Amaldiçoada", obra sobre o universo bruxo criado por J.K. Rowling em 1997, ganhará uma adaptação para os palcos da Broadway, principal rua do Teatro mundial. Com estreia prevista para 22 de abril de 2018, o elenco ainda não está definido.

Baseada em uma história original escrita por Rowling, Jack Thorne e John Tiffany, a estreia aconteceu em junho de 2016, no palco Palace Theatre, em Londres, na Inglaterra. O livro com o roteiro da peça está em comercialização, e o lançamento ocorreu em outubro do ano passado no Brasil.

Centrada na vida de Alvo Potter, segundo filho de Harry e Gina, 22 anos após a derrota de Voldemort em "Harry Potter e as Relíquias da Morte", a história mostra os personagens que conhecemos já adultos.

Com uma amizade entre o jovem Potter e o filho de Draco Malfoy, Escórpio, a peça mostra a jornada para a derrota de um novo inimigo e como amizades e a família são importantes.

O elenco britânico, após quase um ano em cartaz, passará por mudanças e terá novos atores em alguns papéis, como Harry Potter, Hermione Granger e Rony Weasley. Os valores dos ingressos da Broadway ainda não foram anunciados, porém, já há a confirmação que a peça estará no Lyric Theatre.

Prêmio Olivier

A peça "Harry Potter and the Cursed Child" (título original) foi a ganhadora dos principais prêmios do Laurence Olivier Awards, premiação britânica para o cenário teatral, levando nove das 11 estatuetas que concorria. Ultrapassou o recorde anterior estabelecido pelas produções "Matilda" e "The Curious Incident of the Dog In the Night Time" que ganharam sete prêmios em suas respectivas premiações.

Os melhores vídeos do dia

As categorias técnicas (Iluminação, Mixagem de Som, Figurino e Tecnologia usada em cena) saíram ganhadoras, junto com Antony Boyle (que interpreta Escórpio Malfoy) na categoria Melhor Ator Coadjuvante de uma Peça, Noma Dumezweni (Hermione Granger) em Melhor Atriz Coadjuvante, o ator Jamie Parker (que vive Harry Potter na obra) para Melhor Ator, além de Melhor Peça Teatral e Melhor Diretor para John Tiffany.

O prêmio, criado em 1976 pela Sociedade do Teatro de Londres, reconhece a excelência do teatro profissional na capital da Inglaterra. O nome atual é em homenagem ao ator Laurence Olivier, que faleceu em 1984.

Entre as categorias estão para o teatro falado e o musical, a ópera, dança e afiliados. Os juízes são anônimos e escolhidos através das suas especialidades. Este ano, a premiação aconteceu em 9 de abril.