No dia 14 de setembro chega aos cinemas o longa “As Duas Irenes”, de Fábio Meira. O filme recebeu quatro prêmios no 45º Festival de Cinema de Gramado, entregues pela ACCIRS (Associação dos Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul): Melhor Filme, Melhor Roteiro, Melhor Ator Coadjuvante para Marco Ricca e Melhor Direção de Arte.

"As Duas Irenes" tem como protagonista as jovens atrizes Priscila Bittencourt e Isabela Torres e constrói a narrativa a partir da vida de duas adolescentes e de seus pontos de vista.

Irene é uma garota de 13 anos, de uma família tradicional do interior, que descobre que seu pai tem uma filha de outra mulher, com a mesma idade e o mesmo nome dela.

Ela se sente rejeitada e começa a tentar descobrir quem ela é e quem quer ser. Sem contar para ninguém, a adolescente decide procurar a garota e um mundo de descobertas tem início. Ela começa a perceber como se dão as relações sociais e vai entendendo que o universo adulto também possui segredos e mentiras.

Segundo o diretor Fábio Meira, a inspiração para o filme – primeiro longa metragem de sua carreira - veio de sua própria família. O avô tinha duas filhas com o mesmo nome e sua tia nunca quis conhecer a meia-irmã. Fábio descobriu a história aos 13 anos e, aos 30, imaginou um roteiro de cinema: e se as duas se encontrassem, o que aconteceria?

O elenco conta ainda com a presença de Marco Ricca, Susana Ribeiro e as atrizes do Grupo Galpão Inês Peixoto e Teuda Bara. Ricca, aliás, é só elogios ao trabalho da direção: "O Fábio é um diretor muito sensível que fez um belo filme.

Belo no sentido das imagens, do comportamento dos personagens, um filme com poucas falas, com atores novos começando, atores mais experientes, e eu espero que as pessoas adentrem o filme, o universo dessas meninas, e que consigam assistir com o coração".

O longa será distribuído no Brasil pela Vitrine Filmes através do projeto Sessão Vitrine Petrobras. “As Duas Irenes” foi produzido pela Roseira Filmes e pela Lacuna Filmes, de Diana Almeida e Daniel Ribeiro responsáveis também pelo sucesso Hoje Eu Quero Voltar Sozinho – e com coprodução da Balacobaco Filmes.

O longa também participou do 67º Festival de Berlim na seção "Generation", que reúne filmes em que jovens estão nos papeis principais.

Serviço: Os ingressos são da Sessão Vitrine Petrobras são vendidos a preço reduzido, através da bilheteria ou do Cartão Fidelidade, que pode ser adquirido no site do projeto. Valor máximo do ingresso: R$ 12 (inteira) / R$ 6 (meia) – variando de acordo com a cidade.