Faltando pouco menos de cinco meses para os desfiles de #Carnaval, as escolas de samba do Rio de Janeiro do Grupo Especial afunilam seus processos de eliminatórias para escolha de seus sambas enredo.

Com exceção das escolas Paraíso do Tuiuti, São Clemente e Grande Rio, que já finalizaram seus concursos, as tradicionais excursões de sambistas que frequentam as quadras cariocas estão garantidas com uma grande variedade de atrações. Veja toda a programação das escolas para você esquentar os tamborins e escolher onde quer se jogar na folia.

Escolas da Série A já estão em processo de gravação do CD

As escolas de samba da Série A (grupo de acesso) do Carnaval [VIDEO] já finalizaram o processo de escolha dos sambas e trabalham na gravação do CD que deve chegar as lojas em breve.

Treze escolas brigam por uma vaga no Grupo Especial de 2019. Desfilam na sexta feira de Carnaval (9 de fevereiro): Unidos de Bangu, Império da Tijuca, Acadêmicos do Sossego, Unidos do Porto da Pedra, Renascer de Jacarepaguá, Estácio de Sá.

Já no sábado (10) passam pela Marquês de Sapucaí: Alegria da Zona Sul, Acadêmicos de Santa Cruz, Unidos do Viradouro, Acadêmicos da Rocinha, Inocentes de Belford Roxo e Unidos de Padre Miguel.

Nota sobre o Carnaval 2017

Em 2018, serão 13 escolas nos Grupos de Acesso A e 13 escolas no Grupo Especial por conta dos acidentes envolvendo as escolas Paraíso do Tuiuti e Unidos da Tijuca.

Em assembleia junto à Liesa (Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro) ficou estabelecido que não haveria descenso e a campeã Império Serrano foi incluída nos desfiles. Após a apuração, duas escolas retornarão à Série A, ficando novamente 12 escolas no grupo especial.

Os melhores vídeos do dia

União da Ilha

Após a conquista do Estandarte de Ouro de Bateria, a diretoria buscou a renovação de mestre Ciça e levará o enredo "Brasil, Bom de Boca" com final prevista para 30 de setembro. A Ilha será a terceira escola a desfilar no dia 12 de fevereiro.

Império Serrano

A campeã da Série A 2017 escolherá seu samba enredo dia 2 de outubro, tradicionalmente uma segunda-feira. Abrindo os desfiles oficiais no dia 11, a escola de Madureira levará para avenida o enredo "O Império do Samba na Rota da China", assinado pelo carnavalesco Fábio Ricardo. A Império ficou nove anos afastada do grupo de elite do Carnaval carioca.

Estação Primeira de Mangueira

Diferentemente dos outros anos, a Verde e Rosa tem realizado suas eliminatórias em horários alternativos (entre 20h e 23h) e ainda tem mais duas etapas de eliminação até a finalíssima dia 7 de outubro, um sábado.

A Mangueira será a sexta escola a desfilar no domingo e levará o enredo "Com Dinheiro ou Sem Dinheiro, Eu Brinco", criado pelo carnavalesco Leandro Viera.

O tema é uma crítica direta à Prefeitura do Rio e sua administração, que cortou a verba destinada ao Carnaval. Outra atração da escola é a participação do cantor Péricles no carro de som junto com o intérprete Ciganerey.

Unidos de Vila Isabel

Sonhando novamente com os bons resultados obtidos em 2012 e o campeonato de 2013, a escola do bairro de Noel será a terceira escola a desfilar no domingo de Carnaval. Com mudanças de peso, como as contratações do carnavalesco Paulo Barros e do mestre de bateria Chuvisco, vindo da Estácio, a Azul e Branco, com o enredo "Corra que o Futuro Vem Aí", fará sua final no mesmo dia em que a coirmã Mangueira, dia 7 de outubro. Cinco sambas ainda estão na disputa.

Acadêmicos do Salgueiro

A academia do samba já está na reta final de sua competição de sambas. A diretoria trata a disputa com muita cautela, visto que no último Carnaval perdeu o título por décimos neste quesito. Após perder o casal Renato Lage e Marcia Lavia para a Grande Rio, a escola da Tijuca será a quarta a desafiar na segunda-feira de Carnaval e levará mais um tema afro para a avenida "Senhoras do Ventre do Mundo", assinado pelo carnavalesco Alex de Souza.

Mudança também no carro de som com a saída do intérprete Serginho do Porto, que migrou para a Estácio de Sá. Tuninho Júnior e Hudson Luís se juntam a Leonardo Bessa, formando a trinca de cantores da Vermelho e Branco. A final do samba ocorre na véspera de feriado de Nossa Senhora Aparecida, dia 11 de outubro.

Portela

Uma das campeãs do Carnaval 2017, a escola de Madureira realizará sua final dia 13 de outubro, uma sexta- feira. A fim de baratear as disputas de samba enredo, as eliminatórias estão acontecendo aos domingos. As duas fases finais (semi e final) retornam para as sextas.

Oito sambas ainda concorrem. Segunda a desfilar na segunda de Carnaval e agora sob assinatura da multicampeã Rosa Magalhães, a Azul e Branco levará para a avenida "De Repente de Lá pra Cá e Dirrepente de cá pra Lá" em busca do bicampeonato do Grupo Especial.

Mocidade Independente de Padre Miguel

A outra campeã do Carnaval também mudou a data de suas eliminatórias, levando o concurso para os domingos com horário até as 18 horas até a fase final. O dia da escolha será um sábado, 14 de outubro. Por enquanto, nove sambas ainda concorrem.

A Mocidade será a última escola a desfilar no domingo de Carnaval, homenageando a Índia com o enredo "Namastê... A Estrela que Habita em Mim, Saúde a que Existe em Você", mais uma vez assinado por Alexandre Louzada. Assim como a Portela, a Mocidade busca o bicampeonato do Grupo Especial.

Unidos da Tijuca

Após os acidentes que ocorreram no dia de seu desfile oficial, a escola Azul e Amarela busca figurar entre as primeiras colocadas no próximo desfile. Abrindo a segunda de Carnaval, com o enredo "Um Coração Urbano: Miguel, o Arcanjo das Artes, Saúda o Povo e Pede Passagem", que homenageia o ator Miguel Falabella, o tem é assinado pela comissão de Carnaval composta por Annik Salmon, Helcio Paim e Marcus Paulo. Sua final de samba enredo também será dia 14 de outubro, um sábado. Seis composições ainda permanecem na disputa.

Imperatriz Leopoldinense

A Verde e Branco de Ramos não fugirá da tradição e realizará sua final tradicionalmente em uma segunda-feira, 16 de outubro. Seis sambas ainda concorrem a um lugar na finalíssima. A Imperatriz será a quinta escola a desfilar na segunda de Carnaval,

Levará para Sapucaí o enredo "Uma Noite Real no Museu Nacional", desenvolvido mais uma vez pelo carnavalesco Cahê Rodrigues. A Imperatriz busca um campeonato desde o último tricampeonato conquistado no início do século (1999, 2000 e 2001).

Beija-Flor de Nilópolis

A cereja do bolo ficará por conta da deusa da passarela, que realizará sua final de samba enredo dia 19 de outubro, uma quinta-feira. As eliminatórias começaram no barracão da escola, mas já migraram para quadra.

Nove sambas buscam a vitória, sempre as quintas-feiras e com casa cheia. A Beija-Flor fechará a apresentação das escolas cariocas já na manhã da terça gorda de Carnaval, com o enredo "Monstro é Aquele que Não Sabe Amar. Os Filhos Abandonados da Pátria que os Pariu".

O tema foi desenvolvido por sua famosa comissão de Carnaval. A escola busca retornar ao pódio, já que em 2016 e 2017 Mangueira, Portela e Mocidade Independente foram as campeãs do concurso. #sambaenredo #roteiro