Mais um mangá ganhará uma animação bem no meio de uma temporada. 25-Sai no Joshi Kousei traz uma falsa colegial tentando incentivar seu primo a ir para a escola.

Foi anunciado no site oficial que uma adaptação para anime [VIDEO] TV do mangá 25-Sai no Joshi Kousei-Kodomo ni wa Oshierarenai Koto Shite Yaru yo (25-Year-Old High School Girl: I’ll Do What Can’t Be Taught to Children) está programado para estrear na TV [VIDEO] japonesa em 7 de janeiro de 2018, na Tokyo MX e em outras emissoras. O anime terá uma adaptação como edição regular para televisão e uma como edição completa com cenas explícitas que estarão disponíveis no serviço ComicFesta Anime Zone.

O mangaka começou a escrever na revista Clair TL de Shiseisha a partir do ano de 2016 até hoje. A série 25-sai no Joshi Kousei conta com um curta de animação com uma versão de TV com a edição regular pelo YouTube e uma versão de edição limitada, que é transmitida no site principal.

Sinopse

O enredo do romance gira em torno de Hana Natori, uma mulher madura de 25 anos, cujo primo se recusa a ir ao ensino médio. Hana substitui seu primo e frequenta a escola tomando o lugar dele. No seu primeiro dia, porém, o plano de Hana é descoberto por seu ex-colega de escola Okito Kanie, que é professor de história na escola aonde Hana vai.

Elenco

Hitomi Harada (edição regular), Kirika Waō (edição completa) como Hana Natori.

Chinatsu Sawashiro (edição regular), Kyohei Morishita (edição completa) como Okito Kanie.

Tomohito Takatsuka (edição regular), Tetsuto Furukawa (edição completa) como Naoyuki Aida, um aluno da classe de Kanie.

Staff

Hideta Oota dirige o anime no estúdio Lilix para Picante Circus e Shinichiro Sawayama escreve os roteiros. Sawako Yamamoto desenha os personagens e atua como diretor principal de animação. Tetsuro Orita dirige o som no Cosmic Ray e Tavac. A editora Suiseisha está produzindo. Saki Hazuki estará interpretando a música tema “Reunion”.

O que são mangás?

Mangá (jeito de ser pronunciado no Brasil) é uma palavra usada para descrever histórias em quadrinhos, só que feitas no estilo japonês. No Japão, os mangás são usados para identificar qualquer história em quadrinho.

Várias animações japonesa são primeiro publicado em mangá e depois dão origem aos Animes (animação japonesa) e então são exibidos na televisão, em vídeos ou no cinema. Também há processos inversos em que uma animação japonesa (anime) vira uma edição impressa com uma história em sequência ou de ilustrações, ou seja, um mangá.