Pedro pascal é mais um exemplo de ator latino que ganhou destaque em Hollywood - o que pode levar a seguinte indagação: o que será que está faltando para o brasileiro Rodrigo Santoro chegar ao mesmo nível - mas esta é outra história a ser contada.

Pascal, 42 anos, ficou conhecido mundialmente ao interpretar o príncipe Oberyn Martel na quarta temporada da consagrada série da HBO 'Game of Thrones'. A passagem do ator pela série foi curta, ele esteve na quarta temporada e teve uma das mortes mais impactantes vistas na série.

Mesmo assim este trabalho lhe abriu portas para outra série. Em '#narcos' da #Netflix, Pedro Pascal interpreta Javier Peña, personagem inspirado no agente hispânico do Departamento Americano de Entorpecentes.

Pascal conheceu o verdadeiro agente Peña antes de começar as filmagens de Narcos. O agente trabalhou como consultor nas duas primeiras temporadas da série.

No final da temporada de Narcos em 2016, o agente Javier Peña ganhou o papel de protagonista na nova trama, e também ficou encarregado da narração em off da série do brasileiro José Padilha.

Com a visibilidade conquistada nas supracitadas séries e também pelo assédio dos fãs (muito desse assédio deve-se aos seus traços latinos) o ator começou a ser visto em superproduções ao lado de grandes astros do cinema.

Pascal pode ser visto no épico 'A Grande Muralha' (2016), do cineasta Zhang Yimou, protagonizado por Matt Damon. Também participa do filme de ação e espionagem 'Kingaman - O Círculo Dourado', (2017).

Pedro Pascal diz que desde criança tinha a fantasia de trabalhar em grandes filmes de ação, e agora vê que esta fantasia envolve muito trabalho duro e muita espera dentro de um trailer.

Filho de perseguidos políticos do governo Pinochet (seus pais desembarcaram nos Estados Unidos quando ele tinha apenas 9 meses), o ator diz que sempre teve cuidado nas escolhas de seus papéis para não cair nos estereótipos latinos.

Outra marca registrada do ator nascido no Chile, além de seus traços latinos, é o seu bigode, o que leva a comparações com Burt Reynolds.

Se hoje o ator é lembrado por séries de sucesso e grandes produções do cinema. Provavelmente poucos devem se lembrar de sua presença em séries como: Buffy: A Caça-Vampiros, Law and Order, e The Good Wife. Além de ter feito peças de teatro.

Com um nome já estabelecido no meio hollywoodiano quem sabe o ator não possa em breve ser visto como protagonista em um longa-metragem.

E talvez protagonizar um remake de algum filme de Burt Reynolds, ou ainda com um upgrade no bigode ele possa atuar como Thomas Magnum, personagem imortalizado pelo bigodudo mor Tom Selleck.