Em 1990, o filme Cinema Paradiso (Nuovo Cinema Paradiso, 1988) ganhou o Oscar de Melhor Filme estrangeiro, bem como o Globo de Ouro e o Bafta na mesma categoria. Na premiação do Bafta, prêmio máximo do cinema inglês, o filme também foi agraciado com dois prêmios para seus atores principais, o veterano Phillip Noiret venceu o prêmio de Melhor Ator e o estreante Salvatore Cascio recebeu o prêmio de Melhor Ator Coadjuvante. Cascio, na época, tinha apenas 8 anos de idade.

Cinema Paradiso é um filme nostálgico, que mostra a relação de Totó, um famoso cineasta, ao descobrir a morte de seu antigo amigo Alfredo, o projecionista de sua cidade nos tempos que ele era criança.

O papel de Totó é interpretado por três atores, Jacques Perrin na fase adulta, Marco Leonardi na fase adolescente e o pequeno Salvatore Cascio interpreta o personagem quando criança. Cascio é o que aparece por mais tempo na tela.

O filme foi rodado na cidade de Palazzo Adriano, na Itália, e foi lá que Tornatore descobriu o ator mirim. O cineasta fez audições com milhares de crianças por todo o país, mas foi encontrar seu protagonista nas locações do longa-metragem.

Durante o teste, ao perguntar para Cascio o que o cinema era para ele, o menino respondeu: "Pra mim, o cinema é uma televisão gigante". Tornatore riu e ficou encantado com o menino de grandes olhos castanhos e sorriso fácil, ainda mais ao descobrir que ele nunca havia pisado em um cinema em sua vida. Então, toda a emoção da descoberta dos #Filmes seria real.

Além disto, Toto, em italiano, é a abreviação do nome Salvatore, ou seja vida real e ficção se completavam perfeitamente.

O filme fez um enorme sucesso e hoje é um clássico que conquista os corações dos cinéfilos, principalmente por retratar as relações de memórias afetivas com as primeiras experiências cinematográficas do público.

O menino Salvatore alcançou a fama instantaneamente. Após o lançamento do filme, ele protagonizou C'era Un Castello con 40 Cani (1990), ao lado do veterano Peter Ustinov. Voltou a trabalhar com Tornatore em Estamos Todos Bem (Stanno Tutti Bene, 1990), ao lado de Marcelo Marcello Mastroianni e Michele Morgan.

Salvatore atuou em mais sete filmes e em algumas séries de televisão, em produções inglesas, francesas e italianas. Ele contracenou com astros como Vanessa Redgreave, Franco Nero, Fernando Rey, Beverly D'Angelo e Christopher Lee [VIDEO].

Porém, nenhum deles repetiu o sucesso de Totó. Além disso, o ator não se adaptou na transição de criança para a fase adulto diante das telas.

Seu último filme foi Padre Speranza (2005), ao lado de Bud Spencer [VIDEO]. Cascio já tinha 26 anos e decidiu abandonar a carreira cinematográfica para cuidar de seus negócios. Em 1995, aos 16 anos, ele havia comprado um supermercado com o dinheiro que ganhou com o cinema.

Atualmente, Salvatore Cascio possui dois supermercados, e um restaurante, chamado Oscar di Sapori, todos na cidade de Palazzo Adriano. O restaurante é decorado com fotos e lembranças do filme. O nome Oscar do Sabor, em português, é uma brincadeira com a famosa premiação norte-americana.

Ao 38 anos, o antigo ator mirim lembra com saudades dos tempos de fama, mas não sente mais vontade de atuar, embora constantemente participe de festivais e exibições do filme pelo mundo.

Relembre Salvatore Cascio em Cinema Paradiso (1988):

#Hollywood