Noel Medeiros Rosa (mais conhecido como Noel Rosa) foi um compositor, cantor e violonista brasileiro. Nasceu em Vila Isabel, no dia 11 de dezembro de 1910, no Rio de Janeiro, e aprendeu a tocar violão e bandolim desde muito cedo. Com pouco tempo de vida, Noel teve uma vida prolífica e compôs nada menos do que 300 sambas e marchinhas que muita gente conhece, mas talvez não faça ideia de quem seja.

O início da vida e carreira

O #poeta da Vila era filho do comerciante Manuel Medeiros Rosa e da professora Marta Medeiros Rosa. Ele nasceu em um parto complicado, o que ocasionou um defeito em seu maxilar. Como consequência do desencontro das arcadas dentárias e articulação insuficiente do queixo, o músico dava preferência a alimentos líquidos, que eram pouco nutritivos.

Estudou no tradicional colégio São Bento, e em 1930 ingressou na Faculdade Nacional de Medicina [VIDEO], mas largou o curso após dois anos, pois já estava demasiadamente envolvido com o #Samba e a vida boêmia.

Curta vida, porém produtiva

No ano de 1927 formou o "Bando dos Tangarás" com os músicos Almirante, Braguinha, Alvinho e Henrique Brito. As composições de Noel eram crônicas sobre a vida carioca e o amor. Sua música já foi interpretada por grandes mestres que fazem questão de reforçar sua importância na Música Popular Brasileira, como Paulinho da Viola, Chico Buarque de Holanda, Aracy de Almeida, Mário Reis e Francisco Alves.

Em 1931, sua canção "Com Que Roupa?" foi um grande sucesso do #Carnaval, tocado até hoje nas rodas de samba e nos blocos de carnaval. Em 1934, casou-se com Lindaura, mas a fama de boêmio era das mais fiéis.

Passava as noites em Cabarés da cidade e tinha amantes principalmente pelo bairro da Lapa e adjacências.

Viveu para ver uma de suas composições estrear no cinema no filme "Alô Alô Carnaval". Noel tinha 26 anos quando faleceu em 1937. Quando ficou doente de tuberculose, foi a Belo Horizonte se tratar. Após uma melhora, voltou ao Rio de Janeiro e continuou sua vida boêmia normalmente. Grande parte da sua obra está em domínio público hoje em dia.

Sua vida [VIDEO]está retratada no Cinema Nacional com o filme "Noel - Poeta da Vila", de 2006, com direção de Ricardo Van Steen, roteiro de Pedro Vicente e produção de Paulo Dantas. No elenco, tem Camila Pitanga, Jonathan Haagensen, Laura Lustosa e Flávio Bauraqui. O filme conta desde a sua juventude como estudante de Medicina e amigo de operários, prostitutas e favelados, até o encontro com Ismael Silva e o desafio que o transformou num dos maiores nomes da música brasileira.