O filme ''Voldemort: Origins of The Heir'' (Voldemort: Origens do Herdeiro, em tradução livre), produzido por fãs da franquia Harry Potter e lançado gratuitamente através do YouTube, estreou neste sábado, às 18h00 (horário de Brasília).

Produzido pela Tryangle Films, o filme foi autorizado pela Warner, detentora dos direitos de adaptação da série escrita por J.K. Rowling e de suas derivações (até o momento ''Animais Fantásticos e Onde Habitam'', lançado em 2016, e ''Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald'', cuja previsão de lançamento é para novembro deste ano), no entanto não possui fins lucrativos, por determinação da distribuidora oficial da franquia.

Todos os custos da produção foram arrecadados online, através do próprio fandom - a comunidade de fãs do bruxo mais conhecido do mundo.

O filme teve boa aceitação por parte dos fãs; cerca de uma hora após o lançamento - o filme tem cerca de 52 minutos - os fãs já comentavam aquilo que mais gostaram - e aquilo que não gostaram - na adaptação da história do vilão Tom Riddle, que ficou mais conhecido no mundo bruxo pelo codinome Lord Voldemort.

Embora contenha alguns furos em seu enredo e em sua produção - tais um pequeno erro na cronologia do nascimento de Voldemort e da venda do medalhão que sua mãe herdou de Salazar Slytherin e um bruxo que utiliza um isqueiro para acender seu charuto ao invés de simplesmente usar magia - ''Voldemort: Origins of The Heir'' consegue captar a essência da franquia Harry Potter [VIDEO].

Cheio de pequenas pistas que conduzem a um desfecho ainda assim surpreendente, o filme mantém a atmosfera de mistério que existe nas adaptações cinematográficas oficiais da série.

Os melhores vídeos do dia

Tanto é que, ao final, os fãs foram capazes de criar não uma, mais várias teorias do que o filme poderia sugerir em suas entrelinhas, algo que é uma espécie de elemento vital na saga Harry Potter.

Com excepcional talento para esconder pequenos segredos e unir as pontas de diversas tramas, J.K.Rowling sempre usou e abusou de ganchos estratégicos em suas histórias, que faziam os fãs especularem incansavelmente o que viria a seguir. ''Voldemort: Origins of The Heir'' consegue fazer o mesmo, com surpreendente maestria. Ao final do filme, os fãs já tinham dezenas de questionamentos.

Para o desfecho da história de um dos maiores bruxos das trevas do mundo, um plot twist digno de ser comparado a revelação da verdadeira motivação de Severo Snape em Relíquias da Morte.

Os efeitos especiais não deixam a desejar; os feitiços mostrados no filme feito por fãs são quase tão perfeitos como os produzidos pela Warner. A atuação dos protagonistas é satisfatória. O destaque vai para o ator Stefano Rossi, o Tom Riddle/Lord Voldemort, que dá vida a um vilão coerente e ameaçador, que em alguns momentos, chega a ser melhor do que o Tom Riddle de ''Harry Potter e o Enigma do Príncipe''.

Se você ainda não viu, ''Voldemort: Origins of The Heir'' está disponível no canal da Tryangle Films no Youtube.