O Carnaval 2018 está aí, batuques, tamborins e muito suor no abadá. E qual será a trilha sonora campeã do Carnaval deste ano? Até o final de 2017, não poderíamos afirmar, com certeza, se seria alguma música do axé, samba ou Funk, mas a resposta não demorou pra ser dada. Hoje, ouvimos nas rádios, nos serviços de streaming, no Youtube e na boca da galera, o bordão que irá embalar os blocos da folia: "Que Tiro Foi Esse?".

A música da funkeira carioca Jojo Todynho, que se lançou do anonimato para a fama devido ao seu canal no Youtube, onde falava de forma desbocada e descontraída sobre sua vida e preconceito que sofria devido à sua aparência, hoje encabeça as paradas musicais com sua música “Que tiro foi esse?”, promessa certa de sucesso no carnaval 2018.

A frase que dá o título à canção ganhou notoriedade nas redes sociais no final do ano, quando famosos como Giovanna Ewbank, Bruno Gagliasso, além dos filhos de Luciano Huck e Angélica e até mesmo Caetano Veloso entraram na brincadeira e simulavam uma dancinha que estavam levando um tiro e se jogavam ao chão.

O cenário vem apontando que o axé, carro chefe dos carnavais, seguindo a tendência dos últimos 10 anos nos carnavais, não será o estilo musical mais tocado, mas sim, a batida do funk.

Na década de 1990, o Axé foi um gênero musical que surgia na Bahia, consolidando-se como ritmo oficial das festas carnavalescas brasileiras. Na voz de Netinho, músicas como "Milla" (1996), e "Swing da Cor" (1991), da baiana Daniela Mercury foram sucessos que arrastaram milhões de pessoas atrás dos trios elétricos e animaram as folias de salões.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades Carnaval

De acordo com pesquisas da Google, desde 2013, músicas de axé não figuram entre as dez canções mais ouvidas.

O Google efetuou um levantamento em 2017, analisando as músicas com mais acessos na rede Youtube entre os anos de 2008 a 2017. O resultado indicou que as mais ouvidas tinham vertentes no funk, sendo elas: "Passinho do Volante", de Federado e os Leleques, "Amor de Chocolate", de Naldo Benny, "Deu Onda" e "Olha a Explosão", de MC G15 e MC Kevinho, e "Loka", parceria sertaneja de Simone e Simaria com Anitta.

O Google analisou os vídeos mais acessados durante a semana de carnaval e na semana seguinte à folia.

Nesse período o axé só liderou o ranking nos anos de 2010 e 2011, com os hits "Rebolation", da banda Parangolé e "Liga da Justiça", do grupo Levanoiz.

Segundo o especialista em história da música da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, professor Ivan Siqueira, o eixo Rio-São Paulo vem ditando a tendência no carnaval em função do que mais se ouve por aqui e que faz sucesso durante o ano, que é o funk, diz ele.

Parcerias para o Carnaval

De olho no filão do carnaval brasileiro, os artistas vêm percebendo a mudança na tendência e procurando estabelecer parcerias musicais com outros artistas de diferentes gêneros. A exemplo, Claudia Leitte lançou "Lacradora", parceria com as cantoras sertanejas Maiara e Maraísa e mais recentemente, o hit “Carnaval”, que já é sucesso garantido em parceria com o rapper americano Pitbull.

Ivete Sangalo, que não cantará neste carnaval devido sua gravidez de gêmeas, apostou também na parceria com o funkeiro MC Livinho, no lançamento de "Cheguei Pra te Amar".

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo