Carioca, da cidade de Rio das Flores, Estado do Rio de Janeiro, Edir Macedo Bezerra, hoje empresário, bispo evangélico, televangelista e escritor, foi fundador da Igreja Universal do Reino de Deus e proprietário do Grupo Record, terceira maior emissora de televisão do Brasil.

Em 1992, foi preso sob as acusações de estelionato, charlatanismo e curandeirismo, mas foi solto 11 dias depois. Em 2009 e 2011, voltou a ter problemas com a Justiça, quando foi acusado de lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, mas as acusações foram anuladas.

Publicidade
Publicidade

Autor de diversos livros de cunho espiritual, Edir Macedo teve sua autobiografia escrita em forma de trilogia, intitulada “Nada a Perder”, cuja primeira edição superou a marca de 1 milhão de exemplares em 5 meses, sendo o título mais vendido no Brasil em 2012.

Levado às telonas dos cinemas, o longa “Nada a Perder”, baseado em sua biografia, deverá ter um custo de cerca de R$ 16 milhões e será dividido em dois filmes, sendo que o primeiro longa chegará aos cinemas em 29 de março de 2018.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Seriados

O longa narrará a vida do ex-bancário, sua juventude até se tornar bispo da Igreja Universal, mega-empresário e dono de emissora de televisão, com uma fortuna estimada em 1,1 bilhão de dólares.

O ator que interpretará Macedo é o mineiro Petrônio Gontijo, que tem participação em mais de 25 novelas em diversas emissoras e atuou em vários filmes como ‘Os Dez Mandamentos’, ‘Memórias Póstumas de Brás Cubas‘, ‘Insensato Coração’, ‘Os Mutantes’, dentre outros e terá como diretor Alexandre Avancini, que tem no currículo diversas produções como como ‘Os Dez Mandamentos’, ‘Apocalipse’, ‘José do Egito’ e ‘A Terra Prometida’.

Publicidade

O filme também não deixará de tocar em vários pontos polêmicos, como o episódio em que um pastor da Igreja Universal, em um programa televisivo, chuta a imagem de uma santa, ofendendo a fé de milhares de católicos e ocasionando umas das maiores polêmicas envolvendo a igreja evangélica de Edir Macedo. Também o rompimento das relações com o seu cunhado, R.R. Soares, interpretado por André Gonçalves, devido a divergências no comando da IURD. O episódio da negociação de compra da emissora Record, na época pertencente ao empresário e apresentador Silvio Santos, também é retratado.

As gravações do longa de Avancini tiveram tomadas feitas em São Paulo, Rio de Janeiro, Soweto, na África do Sul, e Israel.

Assista ao trailer do filme 'Nada a Perder'

Nada a Perder na Netflix

A plataforma de exibição de filmes Netflix adquiriu os direitos de exibição do longa por cinco anos. Os valores envolvidos na negociação não foram divulgados, porém, estima-se que seja o maior montante já pago pela Netflix em um filme de língua não inglesa.

Com essa aquisição, a Netflix pretende alcançar 100 milhões de pessoas nos 190 países onde o serviço de streaming está presente e será exibido após 3 meses do lançamento nos cinemas.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo