Morreu a bailarina e atriz Nini Theilade.

A famosa bailarina Anna Pavlova conheceu Nini, quando esta ainda era uma menina, ficou admirada com seu talento, e disse que ela era "o futuro da #dança". Na época, Nini Theilade tinha apenas doze anos de idade.

Nascida na Dinamarca, no dia 15 de junho de 1915, Nini foi criada na Ilha de Java e se considerava uma pessoa "internacional". Descendente do Rajah local, seu pai era filho de um comerciante holandês com a filha do monarca local. O casamento com estrangeiros era proibido na nobreza, e um grupo de nobres acabou matando a princesa para "limpar a raça".

Seu companheiro conseguiu fugir para Holanda, levando o filho do casal de apenas três meses de idade.

Aos onze anos de idade Nini e a família mudaram-se para Copenhague, onde ela ingressou na escola de dança de Asta Mollerup. E após ser recusada na Acadêmia Real de Dança, sua mãe a levou para Paris, inscrevendo-a na escola Lubov Egorova, onde dançavam as alunas do balé russo pós revolução. Isto no ano de 1926.

Em 1929 a menina então com 14 anos já era uma dançarina reconhecida internacionalmente, tendo se apresentado em diversos países. Em 1931 ela ingressou no Royal Theatre de Copenhague, e com a Companhia de dança viajou para os Estados Unidos. Nos EUA, conheceu o diretor Max Reinhardt, que se encantou com a menina.

Reinhardt a convidou para atuar em um filme que ele iria dirigir.

Nini não era novata no cinema, tendo estreado nas telas do cinema alemão em Der Große Bluff (1933). Também havia atuado no sueco Sången till henne (1934). Porém, seu trabalho com Reinhardt em Sonhos de Uma Noite de Verão (A Midsummer Night's Dream, 1935) viria a ser seu papel mais lembrado nos cinemas.

Nesta produção hollywoodiana Nini interpretou uma fada, que dança um lindo balé com as mãos, na cena de exaltação da Rainha Titânia, interpretada pela atriz Anita Louise. Sonhos de Uma Noite de Verão (1935) foi o filme que marcou a estréia da atriz Olivia de Havilland nas telas. Com a morte de Nini, Olivia (que está com 101 anos de idade) tornou-se a última integrante do elenco ainda viva.

A atriz Anita Louise interpreta Titânia, a Rainha das Fadas, nesta obra baseada no clássico de William Sheakespeare, e Nini interpretou a primeira fada, dançando um lindo balé. Quem assistiu ao filme jamais vai esquecer a delicada coreografia de Nini e o efeito de suas mãos dançando na escuridão. Sonhos de Uma Noite de Verão (1935), foi a estréia no cinema da atriz Olivia de Havilland [VIDEO], [VIDEO]que atualmente esta com 101 anos de idade.

Nini em Sonhos de Uma Noite de Verão

Nini ainda apareceria em mais um filme, o o dinamarquês Lotusblomsten (1936). Depois abandonou definitivamente as telas, alegando que achava este trabalho cansativo e por considerar que os inúmeros cortes de intervalos de filmagens comprometiam a sua inspiração para dançar.

Afastada das telas, dedicou-se a dança. Em 1938 passou a fazer parte do Ballet Russo de Monte Carlo, de Léonide Massine. A companhia ainda tinha o artista plástico Salvador Dalí como cenógrafo e figurinista.

Nini e o Brasil

Em 1940 Nini Theilade veio com a Companhia de Massine ao Brasil, para uma temporada no Casino Atlântico. Ela regressou ao Brasil em 1921, 1942 e em 1945, todas as viagens feitas de navio durante a Segunda Guerra Mundial, o que era considerado muito perigoso.

Durante a temporada de 1941 ela ingressou no elenco do teatro de revistas do espetáculo Joujox e Balangandãs. Esta pela, que lançou a música "Aquarela do Brasil", fez um grande sucesso de público, e até o cineasta Orson Welles a assistiu quando esteve no Brasil.

Em 1942 ela e seu marido resolveram permanecer no país, onde ela acabou montando sua própria escola, batizada de Ballet dos Estudantes. Entre suas alunas famosas estavam a bailarina Tatiana Leskova, que viria ser a Primeira Bailarina do Teatro Municipal do Rio de Janeiro.

Nos anos 50 retornou em definitivo para Copenhague, onde também dava aulas de dança. Nini ensinou seu oficio até os 98 anos de idade, quando infelizmente sofreu uma queda, que a deixou em uma cadeira de rodas.

Quando Nini Theilade completou 100 anos de idade, o cineasta Thomas Seest filmou a dançarina repetindo a antiga coreografia que interpretara há 80 anos atrás no filme Sonhos de Uma Noite de Verão. Mesmo com limitações, Nini reproduziu toda a emoção dos movimentos eternizados no cinema.

Nini Theilande aos 100 anos de idade, reproduzindo os movimentos feito em 1935

Nini Theilade faleceu em 13 de fevereiro, aos 102 anos de idade. #Hollywood