Donna Butterworth foi uma atriz mirim que atuou ao lado de astros como Jerry Lewis e Elvis Presley na década de 1960. Nascida na Filadélfia (EUA), em 23 de fevereiro de 1956, Donna tinha apenas 3 anos de idade quando mudou-se com a família para o Havaí. Aos 4 anos de idade ela aprendeu a tocar ukelele, e foi descoberta por John Alneeta, um famoso compositor de música havaiana.

No começo da década de 1960, a menina começou a se apresentar para os hóspedes do The Royal Hawaiian Hotel, um luxuoso hotel da região, onde foi vista pelo produtor Bob Finkel, que a convidou para se apresentar no programa de televisão The Andy William Show.

Após ver a desenvoltura de Donna na televisão, o produtor insistiu para que seus pais a levassem para tentar uma carreira em Hollywood.

Donna, então, concorreu com outras 200 meninas pelo papel de coprotagonista de Uma Família Fuleira (The Family Jewels, 1965), estrelado e dirigido por Jerry Lewis [VIDEO]. Ela conseguiu o papel de Donna Peyton, uma pequena orfã rica que precisa escolher com qual dos tios quer viver (todos os seis interpretados por Jerry Lewis). O filme não foi muito bem-sucedido, mas a menina foi indicada ao Globo de Ouro de melhor revelação feminina do ano.

No ano seguinte, ela contracenou com outro grande astro, dividindo as telas com Elvis Presley [VIDEO] em No Paraíso do Havaí (Paradise, Hawaiian Style, 1966).

A menina havia retornado ao Havaí com a família quando foi vista pelo diretor Michael D. Moore, quando ela se apresentava novamente no Hotel onde trabalhara anteriormente.

Em No Paraíso do Havaí Donna Butterworth cantou cinco canções. Relembre Donna Buttherworth cantando com Elvis Presley:

Em 1966, ela ingressou em uma série de televisão chamada Summer Fun, mas esta foi cancelada após o sétimo episódio. Depois disto ainda fez algumas aparições em programas de TV e gravou alguns singles pela Reprise Records.

Em 1967, ela atou ao lado do então ator mirim Ron Howard em um telefilme chamado A Boy Called Nuthin (1967), uma produção dos estúdios Disney. Mas em 1971, aos 16 anos, ela abandonou a vida artística.

Seu pai havia falecido e sua mãe casou-se novamente.

O padrasto não gostava de ver a menina no show business. A família retornou definitivamente ao Havaí.

Aos 18 anos, ela montou uma banda e chegou a fazer uma turnê com ela. Depois participou de outros inúmeros projetos musicais. Em 2007, a antiga atriz mirim lançou uma biografia intitulada Girl in the Picture, que vinha acompanhado de um CD com músicas havaianas de sua autoria.

Donna Buttherworth faleceu na terça-feira, dia 6 de março, após ficar um logo tempo internada no Hilo Medical Center. Entretanto, a família não divulgou a causa da sua morte. Ela tinha 62 anos de idade.