Morto desde junho de 2009, o cantor Michael Jackson continua sendo um dos nomes mais populares da música pop mundial e arrastando milhões de fãs por todos os cinco continentes da Terra. Uma novidade pegou os fãs do cantor de surpresa nesta semana: os sapatos usados por pelo rei do pop para fazer, pela primeira vez, o "moonwalk" serão leiloados no próximo mês, na Califórnia.

O mocassim preto, que virou marca registrada de Michael, foi usado durante a participação do cantor no programa "Motown 25", transmitido na TV, em 1983.

Publicidade
Publicidade

Na ocasião, o artista apresentou o sucesso "Billie Jean" e mostrou ao mundo sua tradicional caminha para trás. O "Moonwalk" - como ficou conhecido o passo - logo se tornou uma das maiores características - e a parte mais esperada - dos shows do cantor.

"Qualquer coisa relacionada a Michael Jackson é extraordinária, e ter algo tão incrivelmente histórico como esses sapatos usados por Michael quando ele fez o famoso ‘moonwalk’ é extremamente especial.

Estamos muito honrados em poder oferecê-los em leilão”, contou Brigitte Kruse, proprietária da GWS Auctions, empresa responsável pelo leilão.

Em uma entrevista concedida aos americanos da CNN, Brigitte contou que a organização espera receber um valor "acessível" de US$ 10 mil (cerca de R$ 34 mil). Embora a organizadora já tenha divulgado a expectativa de lucro, no site oficial do leilão, o lance mínimo que os fãs encontram é de US$ 50 mil, equivalente a cerca de R$ 170 mil.

Publicidade

Ainda de acordo com a organização do evento, o par de sapatos - que era carinhosamente chamado de "sapatos mágicos" pelo próprio Michael Jackson - chama a atenção por sua excelente conservação, resultado de cuidados especiais do cantor e sua equipe durante todos esses anos.

O leilão está marcado para acontecer na Califórnia, Estados Unidos, no dia 26 de maio.

Michael Jackson: álbuns inéditos mesmo depois da morte

No dia 25 de junho de 2009, Michael Jackson [VIDEO]sofreu uma parada cardíaca fatal em sua casa, em Los Angeles, causada - segundo exames - por uma overdose de medicamentos. A morte logo se tornou um dos assuntos mais comentados pela imprensa mundial e, de acordo com dados de monitoramento de audiência, cerca de 2 bilhões de pessoas acompanhavam, ao vivo, o funeral do cantor, no dia 7 de julho.

Publicidade

Embora tenha morrido, o cantor não saiu dos holofotes e paradas musicas. Intitulado Michael, o primeiro álbum póstumo do cantor foi lançado em 2010 - um ano depois de sua morte - contou com participações especiais de nomes como 50 Cent e Lenny Kravitz.

Em 2014, Michael Jackson lançou seu segundo álbum de estúdio, que ganhou o nome de Xscape. O disco conta com a faixa "Love Never Felt So Good", que foi regravada como uma parceria com Justin Timberlake.

O disco rendeu uma apresentação ao vivo - em holograma - do cantor no Billboard Music Awards 2014.

Publicidade

Confira:

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo