As eleições estão chegando e os discursos políticos se tornam mais acirrados. Por isso, o cantor Lucas Adon decidiu mostrar uma das faixas que vai estar em seu novo disco, “Do Luto à Luta”, intitulada “Por que o senhor atirou em mim”. A Música foi inspirada na história de um menino chamado Douglas Martins Rodrigues, que disse a frase a um policial logo após ter levado um tiro enquanto passeava pelo bairro, falecendo em seguida.

O vídeo é uma versão acústica no ukulelê e a letra pode ser cantada junto. Veja!

Saindo da política e caindo na festa, o artista carioca radicado em São Paulo Thomás Meira mostra o primeiro single de seu próximo álbum. A faixa “Sexta-feira” vem acompanhada de um webclipe e mostra as brasilidades do cantor dois anos após a estreia do disco “Carnavalizei Emoções”. A canção tem ainda participação especial das percussões do músico Márcio Jardim, integrante do tradicional trio Manari.

O mês também conta com romance e MPB. Fernando Malt é do ABC Paulista e acaba de estrear seu novo single, “O Beijo do Sol”, que foi feito em parceria com a cantora da Paraíba Val Donato. A canção também chegou em formato de webclipe, produzido pela Dreaming Filmes.

O novo álbum vem sendo gravado no Estúdio Baeta, por onde já passaram nomes que vão de Agnaldo Rayol a Paula Fernandes. O artista faz vozes e violões, acompanhado de uma banda composta por músicos que já tocaram com grandes artistas da música brasileira: Cláudio Baeta na bateria (Leonardo), Cláudio Rocha no baixo (Jair Rodrigues, Nando Reis), Tato Andreatta no teclado (Odair José, Roberta Miranda) e o próprio Caio Andreatta na guitarra.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Música

O mês contou ainda com um début especial que vai além da música. O cantor e designer Victor Cavalcanti agora arrisca os primeiros passos como Youtuber, com a série “Fita C*cete”. A cada 15 dias (sempre às quartas-feiras), ele vai trazer à tona assuntos relacionados a arte, cultura, comportamento e outras discussões importantes. Confira!

Também vindo do ABC Paulista, o artista iniciou sua vida musical na igreja e seguiu com o desafio de experimentar novas sonoridades em seu trabalho.

Todas as confusões adolescentes unidas ao fato de ser cristão e homossexual geraram movimentações internas ainda mais intensas, que desembocaram no projeto audiovisual “Caos” (2017), narrando todo o processo depressivo pelo qual ele passou durante esse tempo e dando a abertura necessária para seu empoderamento.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo