Diferente do que aconteceu no ano passado, quando a Netflix não conseguiu estar presente em nenhuma das principais categorias do Globo de Ouro: Melhor filme de drama e Melhor filme de comédia ou musical, este ano a gigante do streaming está liderando a disputa. Das dez produções indicadas, a empresa tem quatro representantes, como foi anunciado na manhã desta última segunda-feira em cerimônia realizada em Los Angeles.

Brasil

Para o público brasileiro a disputa deste ano tem sabor especial, pois na categoria Melhor filme de drama, está concorrendo o brasileiro “Dois Papas” do diretor Fernando Meirelles.

Além da produção que conta o encontro fictício do Papa alemão e do Papa argentino, a Netflix ainda tem mais dois indicados na categoria: "História de um casamento" de Noah Baumbach e "O Irlandês", de Martin Scorsese. Enquanto na categoria Melhor filme de comédia ou musical, "Meu nome é Dolemite" é o representante da Netflix.

História de um Casamento

O filme de Noah Baumbach, que conta processo de divórcio de um casal, está na liderança no número de indicações, seis ao total. O longa disputa nas categorias: Melhor filme de drama, Melhor roteiro e Melhor trilha sonora.

Os protagonistas da produção: Scarlett Johannson e Adam Driver estão concorrendo na categoria: Melhor atuação em drama enquanto Laura Dern está na disputa na categoria: Melhor atriz coadjuvante.

Parasita

Não foi surpresa a indicação do longa-metragem de Bong Joon-ho, “Parasita” na categoria: Melhor filme estrangeiro, o filme disputa com as produções: "Dor e Glória" do diretor Pedro Almodovar e "Retrato de uma Jovem em Chamas" de Céline Sciamma, a produção foi vencedora da Queer Palm, prêmio voltado para produções LGBT no último Festival de Cannes.

Ganhador da Palma de Ouro em Cannes, Parasita também concorre nas categorias: Melhor roteiro e Melhor diretor.

Televisão

Também foi feita a divulgação dos concorrentes nas categorias televisivas, o Globo de Ouro é uma das cerimônias de premiação mais importantes tanto do Cinema, quanto da Televisão. A entrega tem data marcada para o dia 5 de janeiro do próximo ano, Ricky Gervais, o ator e roteirista britânico será o mestre de cerimônias da premiação.

Uma entidade que reúne jornalistas especializados em cinema de vários países e que tem sede em Los Angeles é a responsável por escolher os vencedores da premiação, a entidade é reconhecida por valorizar mais os artistas do que propriamente a qualidade das obras que estão na disputa.

Por esta razão, o prêmio recebe muitas críticas em relação à sua relevância no que diz respeito a prever quais produções tem mais chances de ganhar o Oscar, já que o prêmio é concedido por jornalistas, e não por membros da Academia de Hollywood, embora a premiação seja considerada como a largada para a temporada de prêmios.

Não perca a nossa página no Facebook!