Anúncio
Anúncio

O dia 8 de março de 2014 pode ser considerado o mais emblemático da aviação mundial. Nesta data, há quase três anos, 239 pessoas desapareceram sem deixar vestígios, após o insólito sumiço do avião MH370 da Malásia Airlines, que seguia de Kuala Lumpur para Pequim.

Contudo, depois de autoridades da Austrália, Malásia e China, vasculharem uma área submarina equivalente a 120 mil quilômetros, sem encontrarem pistas substanciais, à procura teve de ser encerrada, na terça-feira, 17 de janeiro.

Apesar de não haver certezas quanto ao ocorrido, inúmeras teorias conspiratórias pipocam na internet.

Anúncio

Abaixo, veja algumas hipóteses divulgadas pelo jornal britânico Daily Star. Mas lembre-se: são apenas conjecturas sem comprovações empíricas.

1 – Abduzido por aliens

De acordo com uma pesquisa elaborada pela CNN, dez por cento dos norte-americanos acreditam na ideia de extraterrestres terem criado um portal que levou o avião para outra dimensão.

Nos dias seguintes, testemunhas disseram observar vários objetos voadores não identificados na região da suposta queda do MH370.

Abaixo, veja o sumiço da aeronave, gravado pelo site especializado em acompanhamento de aviões, flightradar24.com.

2 – Suicídio do piloto

De acordo com a filha do piloto, Aishah Shah, meses antes do acidente, o pai, Zaharie Shah, apresentava comportamento “perturbador e distante”.

A garota revela ter perdido contato com ele, que parecia estar “ausente” da família. Porém, Aishah não fornece maiores detalhes sobre o perfil psicológico do genitor.

Até o momento, nenhuma evidência foi encontrada para corroborar as alegações da garota.

3 – Golpe do seguro de vida

Suscitada pelo chefe da polícia da Malásia, a teoria diz que o desaparecimento foi uma elaborada farsa, cuidadosamente planejada para arrecadar dinheiro de empresas de seguro de vida.

Anúncio
Os melhores vídeos do dia

Mesmo que essa possibilidade não tenha sido refutada, resta a pergunta: onde estão os 239 passageiros? Quem os está acobertando?

4 – Terroristas a bordo

À época, investigadores suspeitaram um possível envolvimento de terroristas na queda do objeto. A desconfiança surgiu, após autoridades descobrirem que dois passageiros embarcaram no voo com passaportes roubados.

Até o momento, nenhum grupo terrorista reivindicou o ataque - se é que ele realmente aconteceu.

5 – Vladimir Putin ordenou sequestro do avião

Conspirólogos acusam o presidente russo de planejar o rapto do voo MH370.

O objetivo seria mostrar o potencial bélico-estratégico da Rússia, ao governo chinês.

Sinais incomuns emitidos pela aeronave, sete horas depois de desaparecer dos radares, fizeram o teórico da conspiração Jeff Wise, concluir que a aeronave sequestrada fez pouso forçado no Cazaquistão, a mando de Vladimir Putin. Será?

A única certeza a cerca daquele fatídico voo, é que uma aeronave com 239 pessoas simplesmente “evaporou” sem deixar rastros. Fora isso, o resto é lenda.