Desde a primeira menstruação, as mulheres costumam ir ao ginecologista pelo menos uma vez por ano. Essa prática ajuda a combater problemas de saúde.

Algumas dúvidas da maioria das mulheres, acabam sendo corriqueiras nos consultórios médicos, e podem ser facilmente selecionadas quando a mulher presta atenção no que o profissional diz.

Pensando nisso reunimos 6 coisas que seu ginecologista não quer que você volte a fazer de forma alguma.

Publicidade
Publicidade

Acompanhe:

1 - Se sentir constrangida e demorar muito tempo para marcar uma consulta não é indicado. Falta de tempo também não pode ser usada como uma desculpa.

2 - Não precisa esperar o início da vida sexual para marcar uma consulta com o profissional. É de extrema importância que a mulher comece a se preocupar com sua saúde logo cedo. Os profissionais são ótimos para tirar todas as dúvidas que costumam surgir.

Publicidade

3 - Certamente a maioria das mulheres se sentem constrangidas em falar sobre assuntos relacionados a sua região íntima, mas o que não pode, é ter vergonha de detalhar supostos problemas ao profissional. É importante ter em mente que um ginecologista está acostumado a lidar com questões similares e não irá fazer nenhum tipo de julgamento.

4 - Os médicos ginecologistas reprovam o uso de produtos aromatizados para a higienização da região íntima.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Relacionamento

Cosméticos que não são específicos para a região podem prejudicar a flora vaginal, aumentando os riscos de fungos e bactérias. Os médicos sempre indicam que água e sabão neutro são suficientes para uma higiene eficaz.

5 - Os médicos não se importam com o tipo de depilação, aliás, eles recomendam que a mulher não se depile totalmente, pois a remoção total dos pelos pode deixar a região íntima vulnerável para os fungos e bactérias.

Então caso você vá até uma consulta e tenha esquecido de se depilar, não se preocupe.

6 - Quando a mulher sente-se incomodada com algum problema que possa ter aparecido na região íntima e vai logo buscando informações na internet, saiba que os médicos reprovam essa atitude.

E você? Sabe de mais alguma coisa que os ginecologistas não recomendam?

Diga qual é nos comentários!

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo