Várias teorias e conspirações sobre o fim do mundo vêm sendo discutidas nos últimos anos. Muitos acreditam que existe uma data exata para o mundo acabar, outros acreditam nas escrituras sagradas que dizem que nem mesmo o filho de Deus sabe a hora e data exata que esse fenômeno irá acontecer.

Todos sabem que a internet diariamente é inundada de informações, muitas delas são criadas apenas para gerar visitas e angariar cliques para publicações em sites e bloggers famosos.

Publicidade
Publicidade

Tudo com o intuito de alarmar e gerar alvoroço, mas nem tudo o que lemos e vemos por aí é a verdade.

A mais nova “teoria do Fim do mundo” vem sendo noticiada nas redes sociais. “Um asteroide irá provocar o fim do mundo no próximo dia 16 de fevereiro”, é possível ver esse título em diversos artigos espalhados pela web.

Primeiro entenda o porquê dessa nova previsão catastrófica.

Publicidade

Segundo o astrônomo russo Dyomin Damir, um recente asteroide iria se chocar contra a terra. A imprecisão da notícia chega a ser confusa, vários sites dizem que o fenômeno aconteceria no próximo dia 16, enquanto outros dizem que seria no dia 25 de fevereiro. Fora as várias referências inexatas sobre o astrônomo, muitos dizem que ele trabalha na NASA, enquanto outros dizem que ele é russo. Se você fizer uma simples pesquisa sobre o nome do astrônomo, verá que, na verdade, notícias sobre o provável fim do mundo começaram a circular apenas no início do ano de 2017, ou seja, um fenômeno mundial que traria o fim da humanidade não poderia começar a ser divulgado de uma hora para a outra.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades

Segundo a Nasa, o asteroide chamado “2016 WF9” foi descoberto no ano de 2016. Ainda segundo a Agência Espacial Americana, ele se aproximará da órbita da terra em 25 de fevereiro a uma distância relativamente longe de nosso planeta. Por essa razão muitas especulações começaram a ser criadas em cima do assunto, mas fique tranquilo, não será dessa vez que nós partiremos dessa para uma melhor.

É importante sempre buscar fontes confiáveis, antes de acreditar em qualquer tipo de notícia que circula por aí.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo