Algumas pessoas acabam caindo em golpes pela internet após usuários fazerem contato pedindo algum tipo de ajuda. Se beneficiando disso, alguns internautas descobriram uma forma curiosa de obter créditos no celular pré-pago enganando homens mais velho que estão em busca de mulheres na internet.

O golpe foi elucidado na internet por um usuário que não se identificou. A pessoa explica como funciona o golpe, que tem como alvo homens que fazem comentários em fotos de mulheres sensuais nas redes sociais.

Esses homens são capazes de carregar seu celular, se você enviar fotos para eles. A brincadeira funciona assim. O usuário seleciona alguma foto de uma mulher sensual na internet e pede o número de homens através de grupos em redes sociais, como o Facebook.

Assim que o homem interessado na mulher envia o número, é hora de começar o plano. O usuário explica como deve ser feito o contato e de que forma quem deseja enganar os velhotes devem agir. Segundo Pedro, é preciso procurar algumas imagens e se possível, pedir ajuda até de amigas com áudios que comprovem a veracidade da identidade feminina da personagem criada para enganar os velhos.

Pedro fez questão de mostrar como funciona o golpe de crédito, colocando um comprovante de recebimento de crédito para que todos pudessem notar que funciona mesmo o golpe contra com os velhinhos, que segundo o usuário, são tarados.

O jovem recebeu R$ 14,00 de crédito em seu celular pré-pago de alguém que ele começou a conversar recentemente. Pedro se passou por uma mulher e conseguiu enganar o homem, que se ofereceu para carregar o smartphone do menino acreditando que ele fosse uma garota.

Os melhores vídeos do dia

O plano de conseguir créditos de Pedro viralizou na internet e teve o compartilhamento de diversos internautas que acharam brilhante a forma do jovem de conseguir créditos para o celular.

Embora pareça inofensiva, a brincadeira do jovem pode acabar dando mal para ele. Ao se passar por uma mulher, o menino está cometendo o crime de falsidade ideológica. Além disso, o fato de enganar pessoas para conseguir crédito para seu telefone pode ser enquadrado como estelionato, e o jovem pode acabar na cadeia.