Há muito tempo as pessoas possuem um costume comum, porém muito estranho, que é o de querer se entreter na hora de ir ao banheiro. Pode ser uma revista, um jornal e hoje em dia, é claro, um aparelho de celular.

Muitas pessoas levam isso tão a sério e ficam tão viciadas neste costume, que não conseguem se desgrudar do dispositivo quando vão fazer suas necessidades fisiológicas, sejam elas rápidas ou demoradas. Porém, o que elas não sabem é que essa prática pode ser muito perigosa, segundo alguns especialistas.

É prejudicial para a saúde

Segundo uma médica formada pelo Universidade do Sul de Queensland, na Austrália, a Doutora Anchita Karmakar, o hábito de levar um celular para o banheiro pode ser muito prejudicial à saúde. O motivo para tanta preocupação é que este local da casa normalmente costuma ser muito úmido, ou seja, um local ideal para a proliferação de bactérias, essas que podem querer se alojar em seu dispositivo.

Pelo que a médica contou, algumas partículas de ar e de água, costumam aderir a alguns compartimentos microscópicos do aparelho de celular. Além disso, as películas de plástico ou de vidro possuem o material ideal para moradia de germes.

Outra coisa que também facilita a contaminação são as capinhas dos telefones, também conhecidas como ‘cases’, que geralmente são de plástico e criam um ambiente perfeito para a proliferação das bactérias.

O perigo está em suas mãos

Outro perigo relatado pela médica é o costume de ouvir música durante o banho, algo tão perigoso quanto levar o dispositivo para o banheiro, pois mesmo que a pessoa não esteja com o aparelho enquanto faz suas necessidades fisiológicas, ela ainda está com ele em suas mãos enquanto está dentro do cômodo e só isso já é o suficiente para que ele seja contaminado pelas bactérias, que provavelmente ainda estarão em suas mãos.

Os melhores vídeos do dia

Ou seja, se pensarmos bem, uma simples ida ao banheiro com o celular não é nada higiênico e é uma prática que deveria ser evitada por todos. Afinal de contas, depois de visitar o ‘troninho’, ele vai direto para a sua cama ou até mesmo para a mesa aonde você irá comer a sua refeição diária. Não custa nada o higienizar de vez em quando, ou ao menos evitar de levá-lo para certos lugares.