2

Quem diria, mas o chocolate é produzido a partir da semente de uma planta nativa da região do México, chamada de cacaueiro. Sua história teve origem a partir de 600 a.C., com as civilizações maias e astecas.

Os povos astecas acreditavam que o deus Quetzalcoatl trouxera para eles do céu as sementes de cacau. Festejavam a colheita dos frutos com sacrifícios humanos, oferecendo às vítimas taças de chocolate, que naquela época chamavam de tchocolath.

A bebida era bastante amarga e apimentada, quase sempre preparada com baunilha e mel. Não era agradável e saborosa como atualmente. Apenas os governadores e soldados podiam saborear a bebida, pois acreditavam no seu poder afrodisíaco.

A popularização do chocolate

O chocolate chegou a Europa pela Espanha, que invadiu o México no reinado de Carlos V, dominando o povo asteca e também todo o conhecimento de como lidar com o cacau e preparar o chocolate. Ele era consumido quente igual ao café, e apenas entre a família real e os nobres da corte espanhola.

Rapidamente essa preciosidade se espalhou pela Europa e seu consumo ficou mais acessível ao povo, tornando-se objeto de comercialização.

Quando surgiram os tabletes?

Foram os holandeses e suíços que aperfeiçoaram a fabricação com a produção de chocolate em pó e extração da gordura, que é a manteiga de cacau. Os primeiros tabletes foram criados pelos ingleses, muito duros comparados com as barras atuais.

Mas foram os suíços que abriram a primeira fábrica e desenvolveram por acidente a técnica do chocolate que derrete na boca.

Os melhores vídeos do dia

O chocolate ao leite foi criado por Daniel Peter e Henri Nestlé.

Acreditem, mas os tabletes de chocolate faziam parte da ração de emergência dos soldados americanos na Primeira Guerra Mundial. O Brasil já foi um dos maiores exportador de cacau do mundo. Sua importância foi marcada até na Cultura, pois foi tema de muitas obras do escritor brasileiro consagrado internacionalmente Jorge Amado.

Lembre-se que por traz de uma deliciosa barra de chocolate podemos saborear histórias incríveis. Vale a pena conferir.