Para quem não acredita, o trabalho de uma atriz erótica é difícil, assim como qualquer outra profissão, ou, em alguns casos, até mais sacrificante. Além desse fato, existem outros mais secretos que muitas profissionais desse ramo nunca tiveram coragem de revelar.

Esses segredos foram enfim revelados por uma atriz de filmes pornográficos chamada Jenna, que junto com o jornalista Neil Strauss, resolveu escrever um livro chamado ‘How to Make Love Like a Pon star: a cautionary tale’ (Como fazer amor com uma estrela pornô: um conto preventivo). Em sua obra, a moça conta tudo e mais pouco sobre sua experiência na indústria erótica.

Veja a seguir 14 fatos que Jenna conta em seu livro e que muitas garotas que trabalham no mesmo ramo que ela talvez nunca teriam coragem de contar:

  1. Pornô Gonzo: é considerada a porta de entrada para o ramo de filmes eróticos. É a fase em que as atrizes que estão iniciando são mais desrespeitadas e humilhadas.
  2. Teste do sofá: existe mesmo, e para as atrizes, não é agradável. Os produtores iludem as moças e deixam bem claro que, para serem famosas no ramo, primeiramente precisam passar por eles. Alguns chegam a namorar com algumas, só para ganharem dinheiro com elas.
  3. São só meninas: Jenna conta que muitas garotas entram no ramo sem ao menos saberem o que estão fazendo ali e porque estão fazendo.
  4. Uso de drogas: por conta das humilhações e episódios de constrangimentos que as atrizes acabam passando, muitas acabam no mundo das drogas.
  5. O uso do Viagra: esse segredo é referente aos homens que usam o Viagra para terem melhor desempenho nos vídeos. Jenna contou que quando usam o medicamento, ficam vermelhos e fazem expressões estranhas, algo bem notório por elas, que são mais experientes.
  6. Não são todos os fãs que são loucos: é raro de acontecer, mais existem alguns fãs que não são tarados, e quando as reconhecem na rua, até pedem autógrafo.
  7. O namoro entre colegas de profissão é comum: isso porque fica mais fácil fazer filmes com um namorado. Também é mais fácil se relacionar com alguém que trabalhe no mesmo ramo e entenda a profissão um do outro.
  8. As produtoras em sua maioria, são de mulheres: é uma indústria em que, geralmente, as mulheres são as mais bem pagas.
  9. Elas fazem filmes menstruadas: elas usam esponjas de maquiagem! Um truque para que o fluxo pare para que elas gravem as cenas.
  10. Não conseguem assistir os filmes: a maioria delas não se sentem confortáveis em se verem contracenando.
  11. Acidentes são comuns: como se trata de atores e atrizes reais, alguns acidentes podem ocorrer durante as filmagens, inclusive os de origens fisiológicas.
  12. As roupas são muito caras: embora sejam peças pequenas, algumas são mais caras do que muitos carros populares por aí.
  13. Elas são formadas: ao contrário do que muitas pessoas pensam, as atrizes eróticas, em sua maioria, possuem diplomas universitários.
  14. Existe uma burocracia: assim como em qualquer outra profissão, ser atriz de filmes pornográficos requer muita papelada. São muitos os documentos que elas precisam assinar para poderem participar dos filmes.