Tudo que uma mãe espera de seu filho que está prestes a nascer é que a criança nasça saudável e que nenhum enfermidade ataque o pobre bebê, que ainda é muito pequeno para resistir a doenças consideradas mais comuns para adultos que possuem uma maior resistência a alguns tipos de bactérias. Quando a criança nasce a primeira preocupação da mãe é saber se o filho está bem e quando algo acontece de forma diferente a isso, a mãe do bebê acaba ficando muito preocupada, temendo pela vida da criança.

Publicidade
Publicidade

Imagine como deve ser difícil para um bebê que acabou de nascer e já tem que lutar pela vida? Essa é a história de Lindon, uma criança que nasceu com uma doença genética tão rara que até mesmo os médicos ficaram impressionados com o menino. A doença fazia com que Lincon tivesse todos os órgãos do lado contrário do corpo de um bebê normal, por exemplo, seu coração ficava mais próximo do lado direito que o lado esquerdo de seu corpo.

Publicidade

Rapidamente o médico descobriu que o menino não conseguiria sobreviver se ele não fizesse algo rapidamente para salvar a vida do bebê que nasceu em Anchorage, no estado do Alasca nos Estados Unidos. O médico pegou um bisturi e rapidamente começou a massagear o coração do menino para que ele resistisse após o seu nascimento. O médico fez de tudo que estava ao seu alcance e logo constatou que, para que Lincoln sobrevivesse àquela doença, o menino precisaria de um coração novo imediatamente.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades

Em apenas três meses haviam conseguido um novo coração para o bebê, que nunca deixou de ficar internado durante todo esse período. Mas, Lincoln acabou piorando ainda mais quando já estava em Seattle onde receberia o transplante de um novo coração.

A situação do menino era tão crítica que um médico teve que bombear seu coração manualmente até que o órgão doado chegasse para ser transplantado no menino.

Lincoln chegou ser considerado como morto assim que recebeu o novo coração que chegou rapidamente ao hospital.

Mas, como um milagre, alguns minutos depois o coração do menino voltou a bater dentro da sala, emocionando a todos os envolvidos na operação para salvar a vida de Lincoln, que parecia ter desistido de lutar, mas demonstrou que mesmo pequeno o bebê teve coragem para encarar a morte pela segunda vez e sobreviveu para contar tudo quando ficar mais velho.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo