Um vídeo sinistro, gravado no Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente (CAIC), em Araucária, Paraná, divulgado nas redes sociais e em fóruns da internet, nesta segunda-feira (13), chama tanta atenção que o assunto já é notícia até em jornais do exterior, como no The Sun e no Daily Star.

Embora usuários do Twitter e do Youtube afirmem que o caso aconteceu no Instituto Médico Legal (IML) de Cuiabá, Mato Grosso, A prefeitura da cidade confirmou à imprensa brasileira que a filmagem pertence ao CAIC de Araucária.

Apesar da escassez de informação, o evento gravado pelos funcionários lembra as clássicas cenas de filmes de Terror, com as “vítimas” caminhando por um longo e assombrado corredor antes de serem mortas.

Na gravação, dois funcionários – possivelmente vigilantes do local – são vistos caminhado lentamente.

Eles vão em direção ao outro extremo do corredor, onde luzes piscam misteriosamente e tenebrosos barulhos, semelhantes a batidas em portas metálicas, são ouvidos.

Contudo, a situação fica ainda mais insólita quando se aproximam do corredor macabro e filmam uma porta metálica abrindo e fechando violentamente.

Porém, sem demonstrar medo, ao menos aparentemente, os funcionários se aproximam da “porta fantasmagórica”.

Nesse momento, ela encerra os movimentos e outro episódio tenebroso acontece: falta luz geral.

Os homens ficam na completa escuridão durante poucos segundos, até a energia voltar repentinamente.

“O louco meu, que isso?”, fala o guarda, com uma arma na mão e lanterna na outra, para o colega que o acompanha (veja abaixo).

O vídeo viraliza na internet e gera medo em diversas pessoas.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Curiosidades

“Realmente é muito estranho, não cabe ninguém naquele negócio”, comenta Heart Attack 1D‏, em referência ao fato do interior da caixa não comportar uma pessoa.

Outro usuário confessa ter sentido aflição ao assistir a gravação.

“Eu vi essa droga. Que nervoso”, confidencia @drewscuIpa (segue outros comentários)

Até o momento, autoridades não informaram o nome dos envolvidos. Também não há relatos de outras atividades paranormais no local.

A prefeitura acentua que investigará a ocorrência.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo