Apesar de muita gente achar que isso não é um problema, na verdade é muito mais sério do que se imagina.

A patologia, conhecida como compulsão sexual, não diz respeito a quantas vezes o indivíduo pratica o ato, mas, sim, à dificuldade de concentração em outras coisas que não seja em sexo, que a pessoa passa a ter .

Uma pessoa que tem compulsão sexual tende a ser afetado de várias formas, como na produtividade do trabalho, relações sociais e afetivas, e ainda a perda da autoestima.

Algumas pessoas vivem um verdadeiro tormento, pois não conseguem controlar o impulso, independente de onde estejam, o que pode causar um constrangimento enorme.

Algumas chegam a satisfazer seus impulsos em público.

A pessoa viciada em sexo possui sentimentos de ansiedade, angústia e também vergonha. Ou seja, é uma pessoa que precisa de tratamentos e que vive constantemente em sofrimento.

Alguns #Famosos já confessaram serem 'viciados em sexo'.

Veja sete deles abaixo:

1) Michael Douglas: quando ele estava participando das gravações de 'Instinto Selvagem', alguns boatos começaram a surgir nos bastidores. Mais tarde, o ator acabou confessando seu problema e se internou em uma clínica para se tratar.

2) Tiger Woods: o golfista acabou sendo internado em uma clínica de reabilitação especial para viciados em sexo. Boatos dizem que a internação não passou de uma estratégia de marketing, pois há pouco tempo antes, sua imagem havia sido arranhada por conta da traição de sua mulher.

Os melhores vídeos do dia

3) Charlie Sheen: ele mesmo declarou que já havia ficado com mais de 5 mil mulheres, e uma delas acabou transmitindo o vírus HIV para o ator polêmico de Hollywood.

4) Adriane Galisteu: a apresentadora, enquanto ainda estava junto de Roberto Justus, chegou a declarar que era viciada em sexo, o que causou grande polêmica na época. Pouco tempo depois ela voltou atrás de desmentiu.

5) Jack Nicholson: ele também já deu uma declaração polêmica quando revelou ter feito sexo com mais de 2 mil mulheres. Segundo ele, se curou do vício.

6) Kanye West: em uma entrevista ao tabloide "The Sun", ele causou polêmica ao declarar que era viciado em sexo e pornografia.

7) David Duchovny: em 2008, ele chegou a ficar dois meses em uma centro de reabilitação para viciados em sexo. Segundo as informações divulgadas, o próprio astro tomou a iniciativa e procurou ajuda, após sua mulher ameaça se divorciar. Em uma entrevista, ele contou que sua mulher, Tea Leoni, chegou a desmaiar quando eles estavam muito animados em uma sauna.

Tratamento para a compulsão sexual

Em primeiro lugar, a pessoa tem que reconhecer a doença. Após isso, os médicos indicarão qual o melhor método de tratamento, que podem ser por meio de remédios que diminuam quimicamente o desejo sexual. Para uma melhor avaliação, consulte um especialista. #famosas #Curiosidades