Um dos principais profissionais da saúde [VIDEO] é o ginecologista. É ele o responsável por cuidar da saúde íntima da mulher. Esse médico ajuda em muitas horas, que vão desde as dúvidas com doenças sexualmente transmissíveis, passando pela gravidez, até a menopausa. O ideal é que toda a mulher, a partir da primeira menstruação, mesmo que não tenha vida sexual, compareça ao ginecologista pelo menos uma vez por ano. Isso, é claro, caso essa paciente esteja no mais completo estado de saúde. Entre as visitas regulares, caso um problema ou dúvida nova apareça, essa mulher não deve ter vergonha ou preguiça. O ideal, nesses casos, é manter esse médico de confiança sempre bem informado sobre tudo o que mudou nos últimos tempos.

Algumas mulheres vão a médicos com mais facilidade e menos vergonha. Enquanto outras, fazem tudo isso com muito medo. Há aquelas que correm dos profissionais de saúde. Selecionamos a seguir, 5 coisas que os ginecologistas sabem, não gostam, mas por serem profissionais não costumam dizer para suas pacientes. O objetivo deste artigo é ajudar na forma comportamental de algumas pessoas.

1 - Não precisa ficar com vergonha dos pelos - Eles estão acostumados com isso e nem ligam para essa informação. Além disso, no geral, pelos nessa região fazem bem à saúde. Eles são protetores e evitam que doenças sexualmente transmissíveis e até fungos atinjam a vagina. Isso, é claro, não substitui o uso de métodos contraceptivos, como o preservativo.

2 - Eles não estão interessados com quantos homens você vai ou já foi para cama ou sobre o seu histórico amoroso - O máximo que o médico pode querer saber é se a paciente é ou não virgem para evitar que algum exame possa causar algum tipo de dor.

Os melhores vídeos do dia

Algumas mulheres acreditam que, por terem mais relações sexuais, podem causar mais problemas à sua vagina e, por isso, dão detalhes sobre sua vida íntima. A maioria desnecessários.

3 - Pacientes que mascaram os sintomas são das que eles costumam gostar menos, pois atrapalham o seu trabalho e a cura pode ser mais demorada. Isso também pode acabar prejudicando a credibilidade do médico, mesmo que a culpa não seja dele.

4 - Não gostam de mulheres que somente aparecem quando estão com muitos problemas - O ideal é que essa relação ocorra pelo menos uma vez por ano.

5 - Não precisa ter nojo dos seus problemas - Ginecologistas veem de tudo todos os dias e isso não é nada traumático para eles.

Deixe o seu comentário. Ele é sempre importante e ajuda no diálogo de temas relevantes com a sociedade.