A virgindade é um assunto complicado de discutir. Além das complicações inerentes às discussões sexuais, soma-se o aspecto vago da virgindade. Há quem entenda que a virgindade depende da integridade do hímen. O hímen, contudo, pode ser danificado em atividades não-sexuais como exercícios físicos e exames médicos ou em acidentes. Por outro lado, há mulheres que nascem sem hímen e mulheres cujo hímen só se rompe quando do nascimento do primogênito.

Em suma, julgar a virgindade pela presença ou não do hímen equivale a dizer que a mesma atividade pode "tirar a virgindade" de uma Mulher e não tirar de uma outra. Para não mencionar o fato de que isso não diz nada sobre a virgindade masculina.

Sabe-se que, historicamente, a virgindade (especialmente a feminina) foi muito valorizada por várias sociedades. Os romanos tinham suas vestais, sacerdotisas de Vesta, deusa do lar, que tinham que se manter virgens durante trinta anos antes que pudessem deixar o serviço da deusa e casar.

Ser enterrada viva era a punição que violasse seu voto de castidade. A Lei de Moisés, estabelecida entre os judeus durante a época do Antigo Testamento, determinava o apedrejamento de qualquer mulher que, denunciada pelo marido como não tendo se casado virgem, não pudesse provar ter se casado com ele virgem (Deuteronômio 22:13-21). O apedrejamento deveria acontecer na frente da casa dela. A seguir, estão citados alguns fatos que nem todos conhecem sobre a virgindade e os(as) virgens:

1 - Entre os astecas, as virgens eram proibidas de comer abacates porque essas frutas eram consideradas sexualmente poderosas.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Mulher

2 - A pérola foi durante muito tempo considerada um símbolo da pureza e da natureza retacada femininas.

3 - Algumas tradições afirmavam não só a existência dos unicórnios, mas garantiam que apenas donzelas dotadas de pureza seriam capazes de exercer domínio sobre eles.

4 - A média de idade com que as pessoas perdem a virgindade é pouco superior a dezessete anos de idade. Há, contudo, considerável variação.

Na Islândia, a idade é um pouco superior a quinze anos e meio e na Índia é um pouco inferior a vinte anos. Na Suécia é 16,1 anos e na Alemanha, 15,9 anos. Lembrando que em todos esses casos trata-se de médias e, por essa razão, pode haver grandes variações dentro de cada um dos países assim como há entre eles.

5 - A himenoplastia é um procedimento que permite reconstruir o hímen da mulher, o que pode permitir-lhe passar-se por virgem.

Nos Estados Unidos, esse procedimento tem sido muito requisitado nas clínicas estéticas.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo